Está aqui

Opinião

Orçamento Municipal de Évora 2020 e a crónica de uma abstenção

«Todas as verdades são fáceis de perceber depois de terem sido descobertas; o problema é descobri-las.» in Galileu

 

            No passado dia 27 de Dezembro, nas cinzas do ano velho de 2019, foi apresentado, discutido e votado o Orçamento Municipal de 2020 acompanhado das Grandes Opções do Plano – GOP de 2020. No período disponível para encetar essa discussão, tive oportunidade de apresentar os motivos que levavam ao voto da coligação AFIRMAR ÉVORA 2017 sobre esse importante e estratégico documento de gestão municipal.

Mais Woodstock - The Who

 

"See me

Feel Me

Touch Me

Heal Me

See Me

Feel Me

Touch Me

Heal Me

 

See Me

Feel Me

Touch Me

Heal Me

 

See Me

Feel Me

Touch Me

Heal Me

 

Listening to you, I get the music

Gazing at you, I get the heat

Following you, I climb the mountain

I get excitement at your feet

 

Right behind you, I see the millions

On you, I see the glory

From you, I get opinion

From you, I get the story

 

Terras sem tempo

O termómetro marcava 43 graus centígrados, uma temperatura que já se tornara normal por aqueles lados. Situada no fundo de um córrego, havia uma casa pequena, pintada de branco e com paredes tão grossas que não deixavam que, durante o dia, esse calor que se fazia sentir entrasse lá dentro. Durante a noite, porém, quando o Sol fugia, o calor escondia-se naquela casa. Lá dentro, os 43 graus do calor ficavam escondidos, até que o escuro e o frio da noite se fossem embora, aos primeiros raios de Sol.

Bonecos de Santo Aleixo, um tesouro da cultura tradicional alentejana

Os Bonecos de Santo Aleixo, repletos de uma identidade colectiva única, representam uma inestimável forma de arte comunitária do Alentejo profundo. Um legado vivo de tradições e costumes seculares, que nos levam ao que de mais tradicional e espontâneo existe no Alentejo.

Mais um que já foi, mais um que vem

Chegamos a mais um final de ano. Pode parecer impressão minha, mas com o passar deles, dos anos, parece-me que se sucedem mais rápidos, como o passar dos meses, das semanas, dos dias, das horas…

Fico sempre com a sensação de querer ter feito mais qualquer coisa, de querer ter aproveitado melhor) ainda melhor) cada minuto de 2019.

Com o final do ano chegam também as previsões para o novo ano, as estatísticas e os números do ano que passa e há vários assuntos que gostaria de tocar neste último editorial de 2019.

Portugal 2020

No balanço do ano que termina, e nas aspirações para o ano que começa, que inevitavelmente acabamos por fazer nesta época, surgiu-me o verso de Camões: “Que um fraco Rei faz fraca a forte gente.” No verso que finaliza a estrofe cento e trinta e oito do terceiro canto da epopeia, Camões refere-se a D. Fernando I e à fraqueza da sua liderança na defesa do reino contra o então inimigo Castela.

Twin Peaks

Alguém que admiro, digo apenas que é um devoto de Madonna (provavelmente a ligação directa à adolescência que o faz lidar melhor com o seu envelhecimento – mas que sei eu?), fez-me reviver esse lugar de estranhas afectividades que era o liceu de Twin Peaks, onde no meu mundo de sonhos também estudei entre Outubro de 1990 e Maio de 1991, sabendo agora que o edifício vai ser demolido.

Antes, passei, em modo delirante, pelo episódio-piloto da série, dirigido pelo meu então pai-espiritual, David Lynch (o homem que dirigira quatro anos antes o meu filme favorito, Blue Velvet).

Para ti

Estou ciente que escrevo imenso sobre ti.

Podes até estar longe, mas estás imortalizado na minha escrita.

Sacas de serapilheira em nuvens de nylon e de sonhos

No mesmo dia em que fazia 40 anos, Chico Zé amarrou um fio de nylon numa saca de serapilheira cheia de alfarrobas e abalou pelo cerro acima. Levava também consigo uma outra saca de serapilheira repleta das mesmas cordas de nylon que o lugar que subia era tão alto que as nuvens se acomodavam a meio e o que estava acima disso, poucos tinham sido os que conseguiram ver. Ambas as sacas iam também cheias de sonhos.

A tradição já não é o que era

Sim, a tradição já não é o que era. Há muitos motivos que demonstram que a tradição mudou.

Recentemente discutiram-se na Câmara Municipal de Évora e na Assembleia Municipal de Évora os documentos previsionais para 2020, nomeadamente o Orçamento e as Grandes Opções do Plano (GOP).

Como a CDU não tem a maioria absoluta na Assembleia Municipal, necessita de negociar com outros partidos no sentido de viabilizar os referidos documentos previsionais e operacionais. Nos últimos 2 anos os documentos previsionais foram viabilizados pelo Partido Socialista (PS).

Páginas