Está aqui

Tecnologia

ALQUEVA GANHA MAIS 13 BLOCOS DE REGA E VAI CHEGAR A MAIS 5 CONCELHOS ALENTEJANOS

As obras arrancam em 2018 e deverão estar concluídas em 2022. Ao todo o Alqueva vai expandir a área de regadio dos atuais 120 mil hectares para 170 mil hectares, num investimento de cerca de 210 milhões de euros e que farão nascer 13 novos blocos de rega distribuídos pelos distritos de Beja, Évora e costa alentejana.

Aljustrel, Beja, Cuba, Moura, Vidigueira e Serpa, no Baixo Alentejo, Alandroal, Évora, Reguengos de Monsaraz, Monsaraz e Viana do Alentejo no Alentejo Central e em Santiago do Cacém, na costa alentejana, serão os locais de benefício dos novos blocos de rega.

ÉVORA: FACHADA DE SANTO ANTÃO RECUPERADA COM CORES ORIGINAIS

A Igreja de Santo Antão, na emblemática Praça do Giraldo em Évora, está a sofrer obras de restauro, particularmente na sua fachada e com a descoberta dos "stucco", que são altos-relevos e decoração feita com massa, com cores originais como o cinza, o vermelho e o azul, talvez não vá ficar como a conhecemos.

NET VIVA E SEGURA CHEGARÁ A ÉVORA EM JANEIRO

Pela mão da DECO – Defesa do Consumidor e com o apoio da Google Portugal, a iniciativa Net Viva e Segura, vai chegar a Évora.

LABORATÓRIO HERCULES EXPLORA MURAIS DE ALMADA NEGREIROS

O Laboratório HERCULES, da Universidade de Évora, encerrou este mês a primeira fase de "uma campanha analítica que visa caracterizar a técnica pictórica e os materiais empregues por Almada Negreiros nos murais pintados entre 1939 e 1940 na antiga sala de receção e atrium de entrada do edifício Diário de Noticias em Lisboa e prepara-se agora para realizar análises mais aprofundadas em laboratório, de camadas cromáticas que foram recolhidas no local.

ÉVORA É "CAPITAL DA ÁGUA" EM NOVEMBRO

Num momento em que o país vive um problema sério em matéria de alterações climática e seca, particularmente o Alentejo, Évora recebe o Encontro Nacional de Entidades Gestoras de Água e Saneamento, entre 21 e 24 de novembro, que conta com a participação do Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes e que decorrerá no Teatro Garcia de Resende.

ENERGIAS LIMPAS, QUALIFICAÇÕES E REDES DIGITAIS NA BASE DA PROPOSTA DE PARCERIA COM ÁFRICA

O eurodeputado eborense Carlos Zorrinho defendeu ontem à noite em Estrasburgo, em vésperas da próxima Cimeira UE-África que se realiza de 29 e 30 de novembro em Abidjan, na Costa do Marfim, sob o signo do investimento na juventude, uma parceria da União Europeia com África para estimular o desenvolvimento dos dois continentes, em áreas sensíveis como a das energias limpas, qualificações e redes digitais.

LABORATÓRIO HERCULES AJUDA A DEVOLVER CORES ORIGINAIS À SALA "DO BEIJA-MÃO" DE MAFRA

Quando passam 300 anos do início da construção do Real Edifício de Mafra, a Sala do Trono oferece a partir da próxima sexta-feira aos cerca de mil visitantes diários as suas magníficas cores originais, numa intervenção que durou 7 meses e que envolveu o Laboratório HERCULES da Universidade de Évora, o mais avançado do seu género na Europa.

DELTA DESPERTA INTERESSE DOS SUL-COREANOS

Normalmente, a tecnologia e a inovação chega da Coreia do Sul a Portugal, não o inverso. Mas este é mesmo o caso que lhe apresentamos: a nova versão do robô da Delta – recentemente apresentado na Web Summit – despertou o interesse de investidores sul-coreanos e que estão interessados em comprar as patentes à empresa alentejana.

ROBÔ DA DELTA CAFÉS APRESENTADO NO WEB SUMMIT

Quem disse que o Alentejo não tinha representação no Web Summit?

O dia de ontem foi palco de um diálogo entre robôs que garantiram "não destruir o mundo" mas que vão ficar com os nossos empregos. Para ficarmos com mais tempo para nós, bem entendido.

Desconfianças à parte o dia de ontem do Web Summit também foi o da apresentação do robô da Delta Cafés, o ‘Qoffee Qar 2.0’, um robô autodirigido, destinado a um serviço ‘premium’ para o canal HORECA, que irá levar cafés e sobremesas aos clientes nas suas mesas de refeição e do Sistema Rise Delta Q.

ÉVORA: LABORATÓRIO HERCULES VENCE PRÉMIO SANTANDER

Os investigadores do Laboratório HERCULES, em Évora, venceram o Prémio Santander de Internacionalização da Produção Científica da Universidade de Évora de 2017. 

Páginas