Está aqui

Exposições

Exposição de João Cutileiro patente no Museu do Côa

O Museu do Côa vai receber, no próximo dia 18 de abril, a exposição “João Cutileiro: gravuras recentes e outros riscos”, o último projeto do escultor e o primeiro a ser desenvolvido pelo Centro de Arte João Cutileiro, entidade criada para promover a salvaguarda e divulgação do legado artístico deste extraordinário artista.

Segundo o jornal Notícias de Coimbra, a inauguração está marcada para dia 18 de abril, pelas 15h00, e a exposição estará patente até ao dia 26 de abril.

Monsaraz, Elvas e Viana do Alentejo com exposições abertas ao público

Monsaraz, Elvas e Viana do Alentejo têm já abertas ao público exposições após a segunda fase de desconfinamento ter avançado.

Em Monsaraz, na Igreja de Santiago – Galeria de Arte,a partir de hoje e até 6 de junho estará exposição “Sombras e Contrastes”, de Miguel Duarte, com 11 quadros em relevo sobre madeira e centra-se na natureza dos campos alentejanos, numa mostra organizada pelo Município de Reguengos de Monsaraz, integrada no ciclo de exposições “Monsaraz Museu Aberto”.

Núcleo Museológico de Grândola abre com peças de Christian Louboutin

Uma instalação do criador Christian Louboutin com quatro peças, incluindo uma mala inspirada em Portugal, vai ser apresentada ao público, este sábado, na abertura do Núcleo Museológico de São Pedro, em Grândola.

Segundo a Lusa, a Câmara Municipal de Grândola refere, em comunicado, que a instalação é composta por quatro peças consideradas ícones do designer francês de calçado: a Tote Bag da coleção PORTUGABA, lançada em 2019 e inspirada em Portugal, e os sapatos Melina, Pigalle Strass e Divazeppa.

Alentejo: equipamentos culturais e monumentos reabrem segunda-feira

A Direção Regional de Cultura do Alentejo anunciou que os equipamentos culturais, monumentos e sítios afetos à entidade vão reabrir ao público a partir de segunda-feira, dia 5 de abril.

Odemira cria fundo de 50 mil euros para apoiar agentes culturais

A Câmara Municipal de Odemira criou um Fundo de Apoio Extraordinário aos Agentes Culturais do concelho, no valor total de 50 mil euros, devido à pandemia de covid-19.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o município anunciou a constituição do fundo e revelou que a fase de candidaturas está aberta e decorre até ao dia 30 deste mês.

De acordo com a autarquia, o objetivo é “minimizar o impacto da suspensão da atividade dos artistas e associações do concelho em consequência da pandemia da covid-19”.

Santiago do Cacém e Sines recebem 100 espetáculos de teatro

O projeto Litoral EmCena irá apresentar, ao longo de dois anos, um total de 100 espetáculos de teatro, de companhias nacionais e estrangeiras, nos concelhos de Santiago do Cacém e Sines, avança a Lusa.

A iniciativa, promovida pela associação AJAGATO, em parceria com as câmaras de Santiago do Cacém e Sines, aposta na “apresentação mensal de espetáculos de teatro de companhias profissionais” nas cidades de Sines, Santiago do Cacém e Vila Nova de Santo André e nas freguesias rurais dos dois municípios do litoral alentejano.

Bienal Internacional de Marionetas de Évora apenas com companhias nacionais

A Bienal Internacional de Marionetas de Évora (BIME) vai realizar-se este ano apenas com a participação de companhias nacionais, devido à pandemia de covid-19, revelou o diretor do Centro Dramático de Évora (Cendrev).

Em declarações à agência Lusa, José Russo afirmou que “estamos a ser confrontados com um conjunto de respostas de companhias a dizer que vai ser impossível assegurar as viagens para Portugal, nomeadamente do Brasil e do Reino Unido, mas não só”.

História de um tempo em que se era feliz em Serpa e o desejo de voltar à rua

Podem ser feitas várias abordagens, mas qualquer uma delas tem como objetivo principal a valorização da experiência e o carácter único do “fato social total”, que representa o Cortejo Histórico e Etnográfico de Serpa.

A exposição “Gente daqui” tem como objeto as pessoas que fazem o Cortejo Histórico e Etnográfico de Serpa — organizadores, construtores, figurantes e público — e traduz o olhar de Fabrice Ziegler, um dos muitos olhares possíveis, sobre este acontecimento riquíssimo em que praticamente toda a comunidade se revê.

Serpa investe 140 mil euros para reabilitar Casa das Artes

A Câmara Municipal de Serpa anunciou, em comunicado, que o projeto de reabilitação e re-funcionalização do edifício da futura Casa das Artes, em Vila Verde de Ficalho, já foi aprovado pela autarquia, e terá início em breve.

Num investimento de 140 mil euros, o edifício, atualmente degradado, será reabilitado, prevendo-se “a organização dos espaços já existentes, tornando-os mais funcionais e criando várias salas, de forma a adaptar o edifício a um novo espaço museológico”, de acordo com a autarquia.

Nova Aldeia da Luz na Bienal de Veneza de Arquitetura

Será na 17ª edição da Bienal de Veneza de Arquitetura, um dos mais importantes certames da área, que Nova Aldeia da Luz fará a sua aparição em terras italianas.

Estará Integrada na exposição representará Portugal, através do projeto "In Conflict", e que resume sete processos marcantes da história da arquitetura de Portugal, nos últimos 50 anos, no que toca à arquitetura habitacional.

Era para ter-se realizado em 2020, mas foi adiada para este ano devido à pandemia.

Páginas