Está aqui

Ciência

Universidade de Évora quer regenerar o montado

A Universidade de Évora (UÉ) integra um novo projeto, com entidades espanholas e italianas e financiamento europeu, que pretende explorar o potencial da gestão dos matos como forma de regenerar e melhorar o montado.

Em comunicado, citado pela Lusa, a academia refere que faz parte do Projeto LIFE Scrubsnet “Regeneração e melhoria dos montados através da gestão adequada das áreas de mato/arbustos” através do MED – Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento.

Universidade de Évora recebe 2M€ para preservar zimbrais

Um projeto liderado pelo MED – Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento, da Universidade de Évora (UÉ), que pretende melhorar o estado de conservação dos Zimbrais nas dunas costeiras de Portugal, acaba de receber financiamento superior a dois milhões de euros.

Laboratório em Elvas abre as suas portas ao público

O InnovPlantProtect (InPP), sediado em Elvas, vai abrir as suas portas ao público a 24 de janeiro, num Dia Aberto organizado pela primeira vez, que visa dar a conhecer a instituição por dentro, o trabalho desenvolvido pelos investigadores e a inovação criada neste laboratório colaborativo (CoLAB).

Alentejo sob aviso laranja entre hoje e amanhã

Os distritos de Évora, Setúbal e Beja vão estar sob aviso laranja entre as 15:00 de hoje, segunda-feira, e as 03:00 de terça-feira, enquanto os distritos de Santarém e Portalegre estão sob este aviso entre as 00:00 e as 12:00 de terça-feira.

O alerta foi dado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que colocou hoje, no total, 14 distritos sob aviso laranja devido à previsão de chuva persistente, por vezes forte e acompanhada de trovoada.

Alentejo Interior com maiores concentrações de arsénio

Os habitantes no Alentejo Interior, junto a antigas zonas mineiras, exibiram concentrações de arsénio (As) superiores e desempenhos cognitivos mais fracos quando comparados com indivíduos do resto do país, adianta um estudo da Universidade de Aveiro (UA).

De acordo com o jornal Sul Informação, este estudo analisou 76 indivíduos entre os 62 e os 95 anos e residentes em várias zonas do país, e esclarece que, quanto maior for a presença de arsénio no organismo humano, pior será o desempenho cognitivo.

Maior radiotelescópio do mundo vai passar por Barrancos

O SKA (Square Kilometre Array), o maior radiotelescópio do mundo, começou a ser construído esta segunda-feira, momento assinalado na África do Sul e na Austrália, os dois países onde começará por ter as suas antenas espalhadas.

Contudo, segundo o jornal Expresso, esta iniciativa irá passar pelo Alentejo, uma participação coordenada pela Agência Espacial Portuguesa.

Beja e Setúbal sob aviso amarelo devido a chuva

Os distritos de Beja, Faro e Setúbal vão estar hoje sob aviso amarelo devido a previsões de precipitação, vento e trovoada, adiantou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em comunicado, citado pela Lusa, o IPMA refere que Faro é o distrito onde se esperam condições meteorológicas mais adversas, com aviso amarelo para precipitação e trovoada ativas até às 15:00 de segunda-feira, e aviso amarelo para vento entre as 09:00 e as 18:00 de segunda-feira.

Universidade de Évora celebra a Cultura Científica

O Instituto de Investigação e Formação Avançada, da Universidade de Évora, assinala o Dia Nacional da Cultura Científica um programa de atividades com destaque para a 1ª Mostra de Documentário Científico da Universidade de Évora, no próximo dia 24 de novembro.

Alentejo integra projeto europeu que recriou “paisagens sonoras únicas”

Foi construído um arquivo sonoro que pretende representar três dimensões europeias essenciais (a rural, a urbana e a marítimo-fluvial), na sequência do projeto “Sonotomia”, que se realizou no Alentejo e em várias regiões de Espanha e da Hungria.

Este projeto europeu, que teve início em 2019 e chegou agora ao fim, teve como objetivo captar e recriar de uma forma artística algumas das “paisagens sonoras únicas da Europa”, conforme explicou à agência Lusa o presidente da Pedra Angular, José António Falcão.

Universidade de Évora vai conservar zimbrais na costa portuguesa

A Universidade de Évora (UÉ) está a liderar um projeto, com financiamento superior a dois milhões de euros pelo Programa LIFE, que pretende melhorar o estado de conservação dos zimbrais existentes nas dunas costeiras em Portugal.

De acordo com a Renascença, o Projeto Zimbral for LIFE, liderado pelo MED – Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento da UÉ, foi contemplado com um financiamento “superior a dois milhões de euros para preservar os zimbrais dunares”, através do Programa LIFE – Nature and Biodiversity.

Páginas