Está aqui

Artigos publicados

A falta que faz estarmos juntos

Acedo ao "link" que me conduz a mais uma reunião. Um ecrã separa-nos e confina-nos a um rectângulo demasiado pequeno para quem tem o hábito de recorrer frequentemente aos gestos para dar força às palavras. Tento não sair da caixa, mas as rodas da cadeira e a posição das pernas convidam ao balanço. Concentro-me. Nos meus movimentos e nas palavras dos interlocutores.

Desconfinar o poder de acreditar

Há dois meses estávamos nas escolas. Abraçávamo-nos uns aos outros. Sentávamo-nos em círculo e as crianças poisavam a cabeça nos ombros umas das outras, enquanto pensavam em voz alta sobre a atitude do João, que mexia nas coisas dos outros sem pedir, ou da Maria, que todos os dias amuava no recreio.

A vida como sempre fora.

Fazíamos planos.

Os Heróis destes dias

Há dois tipos de heróis neste novo mundo. Há aqueles que todos os dias saem de casa para cuidar que nada falte aos outros. E depois há aqueles que todos os dias ficam em casa e que epicamente se mantêm dentro dela, mesmo nos mais bonitos dias de sol. Para que nada de mal lhes aconteça a si ou aos outros.