Está aqui

Negócios e Empresas

Parceria para salvar a Águia-caçadeira da extinção

Foi assinado em Elvas, no passado dia 17, Dia do Agricultor, uma parceria que pretende salvar da extinção a Águia-caçadeira.

“Searas com Biodiversidade: Salvemos a Águia-caçadeira” é o nome do projeto que junta o Clube de Produtores Continente, a ANPOC - Associação Nacional de Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais, o CIBIO - Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto e a Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural.

Portalegre tem uma nova sobremesa

Portalegre tem uma nova sobremesa. O projeto foi desenvolvido no âmbito do curso de Gestão e Produção de Pastelaria e realça alguns dos produtos característicos do concelho como a maçã Bravo Esmolfe, a castanha e a bolota, entre outros ingredientes.

Este são alguns dos elementos essenciais da nova sobremesa que a Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre apresentou à comunidade e que pretende ser uma imagem de marca da cidade.

Enchidos alentejanos conquistam ouro em Frankfurt

Os enchidos alentejanos da SEL conquistaram 2 medalhas em Frankfurt

O Presunto VARANEGRA DOP Alentejano (Denominação de origem protegida e o Paio do Cachaço (Coppa) de Porco Alentejano, da estremocense SEL, foram distinguidos com duas medalhas, conquistam o paio o ouro, no concurso internacional de Qualidade para Presuntos em Frankfurt, na Alemanha.

O Presunto VARANEGRA já conta com 12 medalhas, 4 delas internacionais desde do início da sua produção em 2016.

Bifanas de Vendas Novas "são únicas no mundo"

Depois de dois anos de paragem forçada por causa da pandemia, o Município de Vendas Novas volta a organizar a Feira da Bifana, iniciativa que decorre de 20 a 22 de maio, na Parada D. Pedro V (junto à Câmara Municipal), contando com a participação de oito estabelecimentos locais detentores da marca "Bifanas de Vendas Novas".

Delta Cafés eleita a empresa mais atrativa para trabalhar

A Delta Cafés foi eleita, pelo segundo ano consecutivo, como a empresa do país mais atrativa para trabalhar, revelou um estudo de employer branding, realizado pela empresa de recursos humanos Randstad.

De acordo com o Dinheiro Vivo, o Randstad Employer Brand Research (REBR) 2022 elaborou um ranking das melhores empresas para trabalhar em Portugal, com base num inquérito realizado a cinco mil pessoas, com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos.

“Selo” de sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo apresentado em Londres

A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) revelou que o seu programa de sustentabilidade e o “selo” de produção sustentável vão ser apresentados pela primeira vez em Londres, no Reino Unido, num dos principais mercados de exportação da região, na próxima terça-feira, a jornalistas e agentes económicos.

João Barroso, coordenador do Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), disse à Lusa que, atualmente, “temos 10 produtores certificados, o que representa 10% das adegas inscritas no programa, e contamos ter 20 até ao final de 2022”.

Grupo Nabeiro: Açores poderão ter “potencial” para produzir café

O grupo Nabeiro – Delta Cafés fez um estudo sobre o “potencial” dos Açores para a produção de café, desenvolvido nos últimos dois anos, que entregou agora ao Governo Regional dos Açores.

Rui Miguel Nabeiro, presidente executivo do grupo, disse à Lusa que o estudo foi entregue “há 15 dias” ao Governo Regional dos Açores, tendo o mesmo sido desenvolvido pela International Coffee Partners.

Porto de Sines terá “hub” para reexportar gás para a Europa

Portugal vai criar um novo “hub” de reexportação de gás natural liquefeito (GNL) no Porto de Sines, num investimento de 35 milhões de euros, para fazer face à extrema dependência da Europa do gás natural russo.

A informação é avançada pelo Jornal de Negócios e citada pelo jornal ECO. Este projeto está previsto ser desenvolvido ao longo de vários anos e é composto por diferentes etapas, uma das quais é a construção de um novo depósito de gás no terminal da REN, que poderá demorar até dois anos e custar cerca de 30 milhões de euros.

Projeto de limão biológico na Azaruja ganha bolsa da Compal

O projeto agrícola de José Ferrão, com os seus quatro hectares de limão biológico na Azaruja, acabou de receber uma bolsa, no valor de 20 mil euros, pela Academia do Centro de Frutologia Compal, uma iniciativa de formação e promoção de conhecimento agrícola.

De acordo com o jornal ECO, a Compal acaba de atribuir um total de cinco bolsas de apoio, ao invés das habituais três, num valor total de 100 mil euros para distribuir entre os melhores projetos, anunciados ao vivo durante o evento em que celebraram os 70 anos da marca e o 10.º aniversário da Academia.

Alentejo 2020 já aprovou 2 milhões de euros em candidaturas

O Programa Alentejo 2020 já aprovou 4 528 candidaturas com um investimento total aprovado de dois milhões de euros e um apoio total dos fundos europeus superior a um milhão de euros, revelou o Comité de Acompanhamento do programa.

De acordo com nota publicada, o Comité de Acompanhamento do Alentejo 2020, órgão que assegura a eficácia e a qualidade da execução do Programa Operacional Regional do Alentejo, reuniu-se no passado dia 10 de maio, tendo destacado um destes projetos apoiados: o Centro Interpretativo Vinho da Talha do município de Vidigueira.

Páginas