Está aqui

Cultura

BEJA: O NOVO GIACOMETTI CELEBRA 7 ANOS DA MÚSICA PORTUGUESA A GOSTAR DELA PRÓPRIA

A Música Portuguesa A Gostar Dela Própria (MPGDP) é um projeto inovador nascido das mãos de Tiago Pereira que rejeita a comparação com o etnomusicólogo corso e que, com a sua equipa "tem filmado desde aí um pouco por todo o lado mostrando ao país e ao mundo sonoridades musicais pouco conhecidas, dentro de um uma estética própria que procura gravar as pessoais reais, sem artifícios ou maquilhagens, olhando para os rostos de quem canta e para as paisagens como pequenos mundos em contínua transformação".

MÉRTOLA ESTÁ A CONVOCAR TODOS OS CRIATIVOS DO ALENTEJO

A produção e troca de bens, serviços e cultura está fortemente influenciada pelos criativos em todo o mundo. Esta realidade não deixou indiferente a Associação de Defesa do Património de Mértola (ADPM) que desenhou um projeto em parceria com o Instituto Politécnico de Beja, a Associação Nacional de Jovens Empresários, a CULTBÉRIA e o Município de Serpa, com a intenção de impulsionar as Indústrias Culturais e Criativas da região e está a mobilizar para o efeito dos os criativos do Alentejo.

DESTRUIÇÃO DE PATRIMÓNIO ARQUEOLÓGICO EM BEJA GERA PETIÇÃO NACIONAL

As sucessivas denúncias de destruição de património arqueológico em Beja levaram esta semana um grupo de arqueólogos e académicos nacionais a lançar uma petição pública pedindo a intervenção urgente do governo.

PINTURA RARA DE ARTISTA EBORENSE VAI SER LEILOADA EM NOVA IORQUE

A IMPORTÂNCIA DA MULHER NA SOCIEDADE E NO TRABALHO EM EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA

“A mulher, a sociedade e o trabalho” – patente até 31 de março - é a nova exposição temporária no Museu Municipal de Portalegre. É uma exposição fotográfica da autoria do jornalista e fotografo português Joshua Benoliel e que mostra a crescente importância da mulher na sociedade do século XX.

Em simultâneo com a inauguração, deu-se início a a um ciclo de conferências focados na temática da mulher, a sociedade e o trabalho.

Estas iniciativas inserem-se nas comemorações do centenário do Museu de Portalegre e do 20º aniversário da Grande Loja Feminina de Portugal.

 

ALJUSTREL RECEBE MAFALDA VEIGA, JOÃO PEDRO PAIS E MOONSPELL

No Cine Oriental, em Aljustrel, em 2018 haverá música para todos e, já no primeiro trimestre, receberá os portugueses Mafalda Veiga, João Pedro Pais e Moonspell.

Os espetáculos - que contam com o co-financiamento do Alentejo 2020 e da União Europeia – começam com Mafalda Veiga a 26 de janeiro e que apresentará o espetáculo "Crónicas da intimidade de uma guitarra azul", o seu mais recente álbum.

Já a 17 de fevereiro João Pedro Pais, em tour para celebrar os seus 20 anos da sua carreira.

CAMANÉ LEVA ALFREDO MARCENEIRO A PORTALEGRE

A 17 de fevereiro, pelas 21:30h, o fadista português Camané leva ao palco do Centro de Artes e Espetáculos de Portalegre, a memória de Alfredo Marceneiro, num espetáculo com o nome “Camané Canta Alfredo Marceneiro”, o novo projeto do fadista.

 

Imagem de publico.pt

ELVAS RELEMBRA GUERRA DA RESTAURAÇÃO

Foi já há 359 anos - a 14 de janeiro de 1659 - que se deu a Batalha das Linhas de Elvas, foi a primeira grande vitória em batalha dos portugueses sobre os castelhanos, nas Guerra da Restauração, e teve um com caracter fulcral no consolidar da independência nacional. O município de Elvas relembra agora esse dia - feriado municipal - com uma cerimónia militar e homenagem aos mortos em combate junto ao padrão comemorativo da batalha, e uma romagem ao túmulo do general André de Albuquerque Riba-Fria.

MUSEU DA INQUISIÇÃO NASCE EM CASTELO DE VIDE

Vai nascer em Castelo de Vide o Museu da Inquisição. O novo espaço de atração turística da localidade alentejana estará situado num palacete do século XVII e prevê um investimento cerca de 200 mil euros.

Com abertura prevista para maio, este museu será diferente de outros do género através de, por exemplo, recriações do ambiente de funcionamento do Santo Oficio, quer-se que seja um marco da memória e da História, e virá complementar uma rota turística que inclui a Sinagoga local, visitada por mais de 30 mil pessoas em 2017.

 

Imagem de quilometrosquecontam.com

AGRICULTURA INTENSIVA NO ALENTEJO ESTÁ A DESTRUIR PATRIMÓNIO ARQUEOLÓGICO EM LARGA ESCALA

Estávamos no início de outubro do ano passado quando vieram a público denúncias de destruição de património arqueológico em larga escala pela empresa espanhola De Prado, na sequência trabalhos de preparação dos terrenos em Beja para plantio de amendoal. Segundo a Direcção Regional de Cultura do Alentejo, as movimentações de terras feitas por esta empresa destruíram cerca de "duas dezenas de sítios arqueológicos que estão devidamente assinalados no PDM de Beja".

Páginas