Está aqui

Artes

Beja promove Patrimónios do Sul com três dias de festa

Entre o dia de hoje, 30 de setembro, e o próximo domingo, 2 de outubro, decorre na cidade de Beja a iniciativa “Patrimónios do Sul”, um evento que procura difundir “a identidade do território do sul do país ao nível económico, cultural e turístico”, pode ler-se na agência Lusa.

Promovido pela Câmara Municipal de Beja, este evento está de volta depois de dois anos “em pausa” devido ao surgimento da pandemia de Covid-19 e realiza-se no Parque de Exposições e Feiras Manuel Castro e Brito. Esta feira inclui várias iniciativas, como a Vinipax, a Artes do Sul ou a Sul à Mesa.

Sines abraça Mostra de Artes de Rua em setembro

A 4.ª edição da Mostra de Artes de Rua (M.A.R.) vai regressar, entre 22 e 24 de setembro, às ruas e espaços públicos de Sines, com uma programação que cruza teatro, dança, circo, música e performance.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, a companhia Teatro do Mar, promotora do evento, disse que vai transformar “as ruas e os espaços históricos e naturais de Sines” num palco para “cerca de 100 artistas”, oriundos de Portugal, mas também da Bélgica, Espanha, Reino Unido e Suíça.

Aldeia de Mina de São Domingos torna-se galeria de arte

A aldeia alentejana de Mina de São Domingos, no concelho de Mértola, foi transformada num espaço artístico onde a população é convidada a juntar-se a artistas portugueses e estrangeiros para criar diversas obras de arte.

Em comunicado, é revelado que este é o resultado de um projeto de intervenção artística, denominado MALACATE, que irá decorrer até junho de 2023, e engloba desde a dança à arte pública, e do teatro às artes plásticas.

Montemor-o-Novo, Évora e Elvas apoiam criação artística emergente

A Colecção B , O Espaço do Tempo e o UmColetivo encontram-se a promover a atribuição de duas bolsas de apoio à criação emergente, cada uma no valor de 1500 euros.

Segundo a associação cultural eborense, o objetivo é criar “um circuito alentejano que permite o desenvolvimento de dois projetos artísticos originais (teatro, dança, performance ou cruzamentos disciplinares) nas cidades de Montemor-o-Novo, Évora e Elvas”.

Grândola dedica 4 dias ao São Martinho e ao Chocolate

O município de Grândola vai organizar a iniciativa “Chocolate e São Martinho”, a ter lugar de 11 a 14 de novembro, em alternativa à Feira de Chocolate, “cujas últimas edições foram canceladas devido à pandemia de covid-19”, anunciou a autarquia.

Festival de artes no feminino percorre cidades alentejanas em novembro

O Festival das Marias – Festival Internacional de Artes no Feminino vai decorrer em Beja, Aljustrel, Mértola, Santiago do Cacém e Grândola, de 4 a 13 de novembro.

Segundo a autarquia de Grândola, o Festival das Marias passa pela cidade e apresenta o espetáculo de dança “Lava Pó Nada”, com os performers Bárbara Faustino e Janice Landritsky. O espetáculo tem lugar no dia 10 de novembro às 21:00 no Cine Granadeiro. As reservas devem ser efetuadas através do 269 448 030 e estão sujeitas à lotação do espaço.

Festival Imaterial estreia em Évora para promover património mundial

O Festival Imaterial vai decorrer entre 18 e 26 de junho, em Évora, e contempla um total de 10 concertos, uma conferência internacional, um encontro de música ibérica e a apresentação de um laboratório de investigação, sobre património, artes, sustentabilidade e território.

Portalegre recebe residência de artistas portugueses e espanhóis

O município de Portalegre, em parceria com a Fundación Antonio Gala para Jóvenes Creadores e a Universidade de Salamanca, está a organizar o projeto “Conviver na Arte – Movimento I Imagem I Som”, uma residência artística de artes performativas e visuais que irá decorrer em Portalegre de 11 a 19 de maio.

Festival “Desdobra-te” tem início hoje e decorre até domingo em Évora

A segunda edição do Festival “Desdobra-te”, dedicado à dança e outras artes e da organização da Associação PédeXumbo, tem início hoje, dia 26 de novembro, com o concerto “Kata e João tocam música bonita para vocês” e os espetáculos “Eu Versus Meu” do bailarino Pedro Sampaio e “Poros” de Madrasta Dance, em Évora.

De acordo com a Renascença, o festival decorre até domingo, e tudo está “pensado para receber os participantes com as regras de segurança, higiene e distanciamento a que devemos obedecer, proporcionando-lhes ao mesmo tempo bem-estar e conforto.”

658 anos de Sines com exposições e programas online

Foi em 1362 que D. Pedro I criou o município de Sines. Este ano, a 24 de novembro, assinalam-se 658 anos de existência e há um programa de celebração, maioritariamente online, para celebrar o dia.

Páginas