Está aqui

Artigos publicados

Covid e medidas com sentido

A ameaça por COVID-19 que o mundo enfrenta, e que se tornou realidade em Portugal no início do mês de Março, tem feito parte do quotidiano e tem dominado notícias e conversas. De um momento para o outro, passámos a ouvir expressões como crescimento exponencial, curvas de crescimento, ponto de inflexão, modelos SIR e muitas outras expressões de cariz matemático. Para a grande maioria das pessoas, estas expressões pouco dizem e pouco importam e as atenções viram-se para o número diário de novos infectados e a percentagem de variação face ao dia anterior.

Paixão virtual - um desafio matemático

Que o mundo da internet e das redes sociais permite que muitos façam transparecer uma vida alternativa, que pouco tem em comum com a sua vida real, já não é novidade para ninguém. Mas, por incrível que pareça, este fenómeno tem reflexos semelhantes na tão odiada Matemática, permitindo que muitos daqueles que no mundo real abominam a Matemática, quando escudados pelo ecrã do computador ou smartphone, se transformem em verdadeiros apaixonados pela Matemática.

Aceita o desafio de Páscoa de Carla Santos?

Numere os ovos de 1 a 7 de forma a que a soma dos três ovos em cada linha seja igual.

 

Solução:

Florence Nightingale: uma mulher notável, uma pioneira na Estatística

Em pleno século XXI,  no ano em que se assinala o 200º aniversário do seu nascimento, Florence Nightingale (1820-1910) continua a ser reconhecida e admirada à escala mundial por quebrar preconceitos de género e pelo seu contributo para a modernização da enfermagem, contudo, não é de conhecimento tão amplo a forma como Florence usou a Estatística, de forma brilhante e inovadora, para fazer valer as suas ideias.

He gmjve hi Géwev à qáuymre Irmkqe - a cifra de César

Por volta de 60 a.C. Júlio César comunicava, com os seus generais, através de mensagens codificadas com recurso a uma cifra de substituição simples.

As cifras de substituição simples são os mais antigos e elementares métodos de criptografia (codificação de informação). Têm como base uma chave, que consiste numa regra de associação de caracteres/símbolos de um conjunto pré-determinado (alfabeto de cifra), através da qual se substitui cada caracter/símbolo da mensagem a transmitir pelo seu correspondente da chave.

Um desafio de Natal

Carla Santos lança o desafio: qual o valor das bolas amarelas?
Aceita?

Matemática de susto

Na imagem está representada uma adição de três parcelas iguais. A cada figura corresponde um algarismo de 0 a 9, sendo que a mesma figura representa sempre o mesmo algarismo e figuras diferentes representam algarismos diferentes.

Qual é o resultado desta adição?

Lebombo, Ishango, Humanidade e Matemática

A origem do pensamento matemático remonta ao Paleolítico. Sendo este um período em que a vida do Homem assentava na economia recolectora e nomadismo, as exigências à capacidade intelectual do Homem eram reduzidas, crendo-se que o sentido de número dos homens do Paleolítico seria mais qualitativo que quantitativo.

Desafio de verão

Como se obtém 1000, usando oito oitos e apenas a adição?

 

Se já puxou pela cabeça e despertou alguns neurónios que já se rendiam à sesta e adormeciam ao som das ondas, aqui tem uma proposta de resolução:

Ao resolver este desafio por tentativa e erro, o número de tentativas pode ser consideravelmente reduzido observando que:

1) Todas as parcelas da adição são múltiplos de 8;

2) A soma de múltiplos de 8 é um múltiplo de 8;

Duas sombras e uma ideia

Tales foi um filósofo, político, comerciante, matemático e astrónomo grego, nascido na mais importante cidade da Jónia, Mileto. Não havendo consenso relativamente ao período exacto em que Tales viveu, estima-se que terá sido entre 624 a.C. e 547 a.C., tendo como referência um marco da sua cronologia, a previsão que Tales fez do eclipse solar de 28 de Maio de 585 a.C..

Páginas