Está aqui

Iberdrola

Moura vai acolher central fotovoltaica da Iberdrola

A Iberdrola acaba de avançar, junto da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), com o processo de licenciamento ambiental de um novo empreendimento fotovoltaico de larga escala, a instalar em Moura, e que terá uma capacidade de 474 megawatts (MW), com 730 mil módulos solares, numa área de 895 hectares.

De acordo com o jornal Expresso, o licenciamento do projeto Cristóvão Colombo arrancou com uma proposta de definição de âmbito, uma etapa preliminar e voluntária por parte do promotor, que antecede a avaliação de impacto ambiental propriamente dita.

Beja recebe postos de carregamento ultrarrápidos de carros elétricos

A Iberdrola vai instalar, ainda este ano, postos ultrarrápidos de carregamento de veículos elétricos em Beja, Castelo Branco e Bragança, além de três de velocidade normal em Montalegre, adianta o Expresso.

Os postos ultrarrápidos terão uma potência de 150 kW, que permitirá carregar até 80% da bateria de um carro elétrico em 20 minutos. Nestas localizações os postos pertencem à rede Mobi-E, mas serão operados pela Iberdrola durante 10 anos.

Espanhóis numa corrida com o Alentejo pela energia solar

A espanhola elétrica Iberdrola quer rivalizar com a maior central fotovoltaica da Europa, que irá nascer no Alentejo, segundo está a avançar a agência Bloomberg, e já deu início ao processo de construção na região castelhana da Extremadura de um empreendimento solar de 590 megawatts, num investimento de cerca de 300 milhões de euros, estando ainda dependente do resultado de avaliação de impacte ambiental.