20 Janeiro 2018      13:57

Está aqui

A PAISAGEM ROMANA DE FRONTEIRA SERÁ ESTUDO INTERNACIONAL

A paisagem romana de Fronteira será alvo de um estudo que envolve especialistas e alunos da Universidade de Évora e da universidade holandesa de Leiden.

Neste projeto de investigação, o objetivo é estudar a Idade do Ferro e o período romano no Alentejo, o que permitirá comparações mais amplas com outras áreas do Mediterrâneo Ocidental

Com o nome "Fronteira Landscape Project” este projeto será coordenado pelo Prof. Doutor André Carneiro e estão previstas prospeções arqueológicas e estudos de análise da paisagem romana na área do município de Fronteira com recurso às mais modernas metodologias de trabalho em Arqueologia da Paisagem - teledeteção (drones, dados de satélite) e geofísica em diferentes sítios arqueológicos – de modo a que se consiga também estudar um castro da Idade do Ferro e vários sítios romanos republicanos que nunca foram estudados até aqui.

Além dos trabalhos de campo, ocorrerão também visitas de estudo e um conjunto de palestras sobre abordagens metodológicas ao estudo da paisagem, realizadas por vários investigadores europeus.

Em Leiden, em junho, será organizado um congresso para a apresentação de resultados, e que contará com comunicações de vários investigadores que trabalham na Hispânia romana.

O projeto é uma parceria da Universidade de Évora e da University of Leiden, e conta com o apoio financeiro da Prins Bernhard Culturfonds e logístico do Centro de Ciência Viva de Estremoz, da Câmara de Fronteira, do ICT e do CHAIA-UÉ.

Para mais informações contacte ampc@uevora.pt.

 

Imagem de visitalentejo.pt

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.