Está aqui

Arqueologia

Anfiteatro de Ammaia poderá renascer com música

Há cerca de três anos que os arqueólogos começaram a pôr a descoberto o anfiteatro de Ammaia, nas imediações de São Salvador da Aramenha, a seis quilómetros de Marvão.

De acordo com o jornal Público, este anfiteatro terá estado em funcionamento 400 anos, não se sabendo, porém, quando foi construído. Carlos Fabião, arqueólogo e professor da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, ligado a Ammaia desde 2013, não se atreve a estimar quantos espectadores comportaria o recinto.

Fossos pré-históricos encontrados em Serpa

Dois recintos de fossos pré-históricos foram descobertos durante trabalhos arqueológicos no concelho de Serpa (Beja), em áreas que vão ficar inacessíveis devido a “culturas superintensivas”, revelou hoje o responsável pela investigação, António Carlos Valera.

Um deles, com cerca de 25 hectares, é mesmo um dos maiores [recintos deste tipo] conhecidos em território nacional, destacou o arqueólogo António Carlos Valera, em declarações à agência Lusa.

S. Cucufate recebe encontro internacional de Filosofia

A Villa Romana de São Cucufate, situada em Vila de Frades no concelho de Vidigueira, vai receber o I encontro da série internacional ANTROPOCÉNICA, no próximo dia 9 de outubro de 2022, com o apoio do Município de Vidigueira.

ANTROPOCÉNICA é uma série internacional de encontros que emerge da interação entre Filosofia, Arqueologia e Arquitetura, motivando diversas áreas do conhecimento para o debate crítico das cenas do drama humano no teatro do mundo em mutação.

Projeto Outeiro do Circo apresentado na sexta-feira

O projeto Outeiro do Circo, grande povoado fortificado da Idade do Bronze Final (1250-850 a.C.) localizado no concelho de Beja, vai ser apresentado publicamente na próxima sexta-feira, no Centro de Arqueologia e Artes de Beja.

Segundo a Rádio Voz da Planície, este projeto já teve início e irá decorrer até 2023, tendo por objetivos trazer mais conhecimento científico sobre o sítio e levar o Outeiro do Circo às escolas.

Estremoz oferece formação em Arqueologia

O município de Estremoz está a promover, entre os dias 17 e 21 de outubro, uma formação em Arqueologia, a ter lugar em Santa Vitória do Ameixial.

De acordo com a autarquia, citada pela Lusa, esta formação do Campus-Escola de Arqueologia em Santa Vitória do Ameixial é dirigida preferencialmente a estudantes e profissionais com formação nas áreas da Arqueologia.

Esta é uma iniciativa resultante da colaboração entre a Universidade de Évora e o Instituto de Arqueologia de Mérida (Espanha), e as suas inscrições decorrem até ao dia 3 de outubro, estando disponíveis 10 vagas.

Alcácer do Sal: Descobertas sepulturas de Cavaleiros da Ordem de Santiago

Por Joana Casca

No âmbito da escavação arqueológica que o Setor de Arqueologia, Património e Museus da Câmara Municipal de Alcácer do Sal está a realizar na Capela do Tesouro, no Santuário do Senhor dos Mártires, foram encontrados vários achados de grande valor para a história de Alcácer e do monumento, que foi o primeiro Panteão da Ordem de Santiago em Portugal.

Governo reativa apoio extraordinário de 200 mil euros para arqueologia

A Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) abriu, esta segunda-feira, uma linha de apoio financeiro extraordinário a Projetos de Investigação Plurianual em Arqueologia (PIPA) no valor de 200 mil euros, a conceder a fundo perdido.

De acordo com a agência Lusa, citando um comunicado da DGPC, este programa excecional destina-se a projetos de investigação previamente sujeitos a avaliação, aprovados e em curso pelo PIPA 2021, sendo que cada candidato/investigador responsável pode solicitar financiamento para apenas um projeto dirigido por si, com montante máximo de dez mil euros.

Muralha da Idade do Bronze descoberta em Beja

Foi no projeto Outeiro do Circo que foi descoberta uma muralha da Idade do Bronze em excelente estado de conservação.

O sítio arqueológico do Outeiro do Circo, junto à aldeia de Mombeja, em Beja, é conhecido desde o séc. XVIII. Trata-se de um povoado da Idade do Bronze (cerca de 1250 a 750 a.C.) e que exploração arqueológica em curso revelou agora uma muralha em excelente estado de conservação.

“Mitos do tempo dos Gregos e dos Romanos” expostos em Beja

Em Beja, a partir de dia 25, vai poder mergulhar no maravilhoso mundo dos mitos gregos e romanos.

No edifício sede da EDIA, em Beja, estará patente a exposição “Mitos do tempo dos Gregos e dos Romanos” e que aborda sete mitos romanos com ilustrações originais produzidas pelos alunos do 12º ano do Curso de Artes da Escola Secundária Diogo Gouveia, uma iniciativa inserida no projeto “Herança Romana”, da Câmara Municipal de Beja.

Évora: escavações arqueológicas em escola primária revelam 14 capelas

Desde 2018 que decorre a realização de obras e consequentes escavações arqueológicas na Escola EB1 de São Mamede, em Évora, o antigo Mosteiro de Santa Mónica.

Estas obras revelaram, no denominado “pátio intermédio”, uma  estrutura longitudinal de cerca de 20m por  2,5m de largura, formado por um conjunto de 14 espaços, de dimensões praticamente homogéneas, tendo cada um deles a mesma organização espacial. Estas 14 áreas terão sido capelas e tido uma função religiosa, os “Passos da Via Sacra”representando cada uma das etapas da Paixão de Cristo. 

Páginas