Está aqui

Gastronomia

Delta cria um café com ritmo alentejano

Chama-se “Slow Coffee” e é a nova aposta da alentejana Delta para quem deseja toda uma nova experiência, para apreciar, com calma, sem pressas!

O Slow Coffee é um café que demora e esta calma começa logo na sua produção, onde cada grão foi torrado cuidadosamente para realçar as melhores notas e aromas. Depois, surge uma combinação das melhores origens para dar experiências diversificadas.

Santo André vai ser a “capital da enguia”

Será por mais de duas semanas que Santo André, no concelho de Santiago do Cacém, será a “capital da enguia”.

Celebra-se o Festival da Enguia da Lagoa de Santo André e é um orgulho da gastronomia local.

Se as condicionantes decorrentes da pandemia o permitirem, decorrerá de 29 janeiro a 14 de fevereiro, em à mesa de vários restaurantes locais.

 

Imagem de campeaoprovincias.pt

Vila Viçosa e Redondo promovem gastronomia alentejana

Em Vila Viçosa, de amanhã e até dia 10, decorrerá a Semana das Açordas e Migas, uma semana temática que integra o programa mais amplo do Festival Gastronómico “Vila Viçosa à Mesa”.

A açorda e as migas são uma marca indissociável da cultura gastronómica alentejana e têm por base o aproveitamento do pão que ficava duro.

Um gelado de bolo rei nascido em Évora

Está a ser um dos sucessos desta época festiva e foi criado em Évora.

O gelado de Bolo-Rei nasceu na Fábrica dos Gelados, e tem tido vários pedidos em encomendas de todo o país.

Até ao Dia de Reis vai bem a tempo de provar esta nova iguaria, da qual existe também uma versão em bolo e que pode provar à fatia ou inteiro, além da novidade, em bola.

Com base na receita típica do bolo rei, a mesma foi adaptada para resistir e ganhar consistência com o frio e não falta a fruta cristalizada e os frutos secos.

 

Imagem de tvi24.iol.pt

Marvão celebra a caça com 15 dias de homenagem gastronómica

Começa hoje, em Marvão, a Quinzena Gastronómica da Caça.

Serão quinze dias de uma homenagem gastronómica dedicada aos pratos de caça, em sete restaurantes do concelho.

Esta 10ª edição termina a 3 de janeiro, mas, até lá, vai poder deliciar-se com açorda de perdiz, arroz de coelho, javali estufado, veado assado com castanhas, tordos fritos, almofada de pombo bravo com verduras salteadas e batatinhas, ensopado de coelho com lombardo, feijoada de lebre, entre outros.

 

Imagem de thecolouredcuisine. blogspot.com

Mora: Mostra Gastronómica da Caça com horário alargado nos restaurantes

A edição 2020 da Mostra Gastronómica da Caça de Mora vai mesmo decorrer, uma vez que, por agora, o concelho de Mora se encontra em risco moderado da transmissão da Covid-19.

Deste modo, os restaurantes do concelho vão agora poder servir as suas refeições num horário mais alargando, sendo-lhes permitido trabalhar até à 1 hora de modo a que possam não só fazer disfrutar os apreciadores da gastronomia típica de um bom prato confecionado com caça brava, como também ajudar os restaurantes locais na recuperação económica.

Vendas Novas tem uma empada que vale ouro

Quando se trata de gastronomia, Vendas Novas está profundamente ligada às deliciosas bifanas locais, mas não é tudo.

A cidade alentejana também tem outras iguarias de grande valor e agora tem até uma Empada que vale ouro.

A “Empada Rainha” de Vendas Novas venceu uma medalha de ouro no 6º. Concurso Nacional de Pastéis e Empadas Tradicionais Portugueses, inserido na Feira Nacional da Agricultura e numa organização da QUALIFICA/ oriGin PORTUGAL.

Carnalentejana com 10 medalhas de ouro em Concurso Nacional de Carnes

As carnes da marca Carnalentejana, do Agrupamento de Produtores de Bovinos da Raça Alentejana, com sede em Elvas, conquistou 10 medalhas de ouro no Concurso Nacional de Carnes Tradicionais Portuguesas.

Este concurso - organizado pelo CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas e a Qualifica/oriGIN Portugal – tem como premiar, promover, valorizar e divulgar as carnes tradicionais portuguesas e a empresa certificada alentejana venceu as seguintes categorias:

Costeleta de Vaca Maturada

Lombo de Novilho

Vazia de Novilho

Lombo de Vitelão

Alvito com ementas em tons de outono

A autarquia pretende que, no concelho, se possa passar o "Outono à Mesa" e, para tal, promove a quinzena gastronómica dedicada à época e que é pródiga em produtos de qualidade.

É para os valorizar e para promover os restaurantes do concelho que surge esta iniciativa e que conta com 6 restaurantes aderentes que apresentarão propostas com base nos produtos típicos do outono, dos pinhões ao marmelo, passando pelos dióspiros, abóbora, castanhas, nozes, batata doce, figos, romãs…

 

 

Imagem de lifestyle.uai.com.br

Arronches de mesa posta com petiscos para todos os gostos

Num final de tarde alentejano, antes do almoço, na verdade, um bom petisco não tem hora e, desde ontem, até 24 de agosto, em Arronches, não faltará variedade, com destaque para a salada de orelha grelhada, as bolinhas de alheira, o camarão suado, as codornizes fritas, conquilhas ou as tradicionais iscas de vitela.

A segunda Rota dos Petiscos vai decorrer em 9 restaurantes do concelho de Arronches, agora que a autarquia entende estarem reunidas as necessárias condições de segurança.

Páginas