2 Junho 2018      11:03

Está aqui

O litoral alentejano quer apoio da UE para obras nas redes de água

A CIMAL - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral, pediu ao Governo a abertura de avisos de concurso para o Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR)" de modo a permitir o acesso das câmaras, de forma isolada, a fundos comunitários para obras nas redes de água em baixa.

De acordo com Vítor Proença, presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral e da Câmara municipal de Alcácer do Sal, o Governo terá decidido que as câmaras não se poderiam candidatar, de forma isolada, a fundos comunitários para os sistemas de água em baixa, algo que a CIMAL quer ver ultrapassado agora.

A CIMAL – composta pelos municípios de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Sines e Santiago do Cacém – queixa-se que estão a ser feitos grandes investimentos na área do saneamento em alta, mas não nas redes em baixa, cujas estruturas se encontram já muito degradas em alguns municípios, provocando constantes roturas e cortes de água.

De acordo com Vítor Proença, este pode chegar até a ser um problema de saúde pública. O que a CIMAL quer é que sejam abertos concursos como aconteceu na Madeira, em que foi permitido um concurso no valor de 14 milhões de euros com financiamento comunitário para a rede de água em baixa.

Imagem de n1noticia.files.wordpress.com

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.