Está aqui

Governo

Governo aprova procedimentos a adotar em lares residenciais para idosos

O Governo aprovou o Despacho 4097-B/2020, que determina os circuitos e procedimentos a adotar estabelecimentos de cariz residencial para idosos e equipamentos da Rede Nacional de Cuidados Integrados (RNCCI) onde sejam detetados casos de infeção por Covid-19, visando proteger os utentes e os respetivos

Governo distribui 162 mil máscaras pelas Forças de Segurança

O Ministério da Administração Interna está a distribuir um total de 122.000 máscaras aos elementos das Forças e Serviços de Segurança, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e de outras entidades na sua tutela.

No âmbito do combate à pandemia COVID-19, na quarta-feira foram entregues 52.000 máscaras à GNR e outras 52.000 à PSP, enquanto o SEF recebeu 7.000 e a ANEPC 10.000. As restantes 1.000 máscaras foram para outras entidades do Ministério.

Arrancam hoje testes massivos à Covid-19 nos lares de idosos em Évora

O governo lança hoje um programa de testes à Covid-19 nos lares de idosos e que abrange para já os distritos de Lisboa, Aveiro, Guarda e Évora. Os testes, explica a Ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, vão começar a ser feitos primeiro aos funcionários e depois aos utentes com algum sintoma.

Nesta primeira fase serão feitos dez mil testes, que serão estendidos à totalidade dos lares, públicos e privados nos próximos 15 dias, até que sejam alcançados os 2560 lares registados.

Imagem de capa de jornaleconomico.sapo.pt

 

 

 

Escola em casa - Governo garante que todos os alunos terão acesso

Com a pandemia do Covid 19, as escolas encerraram e as crianças estão confinadas com a família em casa, o que obrigou a uma reformulação rápida do ensino, que agora tem de ser não presencial para uma esmagadora maioria das crianças.

Esse ensino não presencial está a ser acompanhado pelos professores, através dos princípios que foram definidos pelo Ministério da Educação (ME) e com a disponibilização de conteúdos digitais, de plataformas e de formação.

Governo apoia economia e famílias com pacote de 9200M/€

O Governo, através dos ministros das Finanças, Mário Centeno, e Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital Centeno, Pedro Siza Vieira, apresentaram um pacote de novas medidas de apoio à Economia via streaming.

A grande preocupação é fazer resistir a Economia à crise provocada pelos efeitos da pandemia da Covid-19 e evitar que exista uma rutura nas vendas das empresas. Há ainda uma especial atenção para as empresas exportadoras e da área do turismo, hotelaria e restauração, os alicerces da recente recuperação económica.

 Alentejo fecha as portas a Espanha

Desde ontem, segunda, que o Alentejo tem fechadas várias fronteiras para Espanha, estando só abertas as fronteiras de Marvão (Portalegre) - Valência de Alcântara; Caia (Elvas) – Badajoz e Vila Verde de Ficalho (Beja) - Rosal de la Frontera.

Mesmo nestas fronteiras, a circulação está condicionada a circunstâncias específicas como transporte de mercadorias, trabalhadores transfronteiriços, elementos do corpo diplomático e da área da saúde.

Finanças adiam prazos por causa do coronavírus

O Governo já decidiu alterar os prazos dos assuntos relacionados com as Finanças devido à situação provocada pela pandemia do Covid-19.

A tutela refere que "Para mitigar o impacto económico da doença e diminuir os efeitos que eventuais medidas de contingência adotadas pelas empresas e serviços públicos”.

Deste modo, o Governo decidiu adiar os prazos das Finanças para o pagamento especial por conta até 30 de junho e da entrega declaração de IRC até 31 de julho.

“L'État, c'est moi”, pensa o PS

Demorou apenas 92 dias para o Parlamento dizer ao PS que o Estado não é uma coisa que possa ser abocanhada e monopolizada como este insiste em tentar, uma vez atrás da outra.

Afinal sempre há quem queira cobrar IMI no Centro Histórico de Évora

Para quem ainda tinha algumas dúvidas sobre a posição do Partido Socialista (PS) em relação à cobrança de IMI no Centro Histórico de Évora (classificado como Património da Humanidade pela UNESCO), ficou muito clara na discussão e votação do Orçamento de Estado (OE) para 2020. O PS quer mesmo que os eborenses sejam sujeitos à tributação de IMI no Centro Histórico de Évora.

Hospitais alentejanos com heliportos reabilitados

Foi anunciado, esta semana, pelo Governo, a reabilitação de heliportos hospitalares e que abrange os heliportos alentejanos do Hospital de Évora e o do Hospital Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, e que fazem mesmo parte de uma lista de 12 que são considerados prioritários.

No total nacional serão 38 heliportos hospitalares que serão intervencionados e necessitam de melhor a sua operacionalidade e melhorar também a capacidade de resposta do SNS.

As intervenções consideradas prioritárias deverão ficar concluídas até ao final de 2020.

Páginas