Está aqui

Governo

Lítio: a forma e o conteúdo

É compreensível que as populações locais reajam com desconfiança às notícias de que negócios extrativos estão previstos para as suas localidades, sobretudo quando não são claros os benefícios locais que daí possam advir. Penso que foi isto que aconteceu na receção ao secretário de Estado da Energia em Boticas na passada segunda-feira.

Noite eleitoral

À hora em que esta crónica se encontra a ser escrita, os resultados ainda não se encontram fechados.

No entanto já se registam algumas certezas: a vitória do PS, sem maioria absoluta, a queda do PSD, a ainda maior queda do CDS, a continuidade do BE como terceira força política, a subida do PAN (até agora com quatro deputados) e a entrada de três novos partidos para o Parlamento, Iniciativa Liberal, Chega e Livre.

Estágios na Administração Local com 363 vagas no Alentejo

Foi publicado em Diário da República, o Despacho com a distribuição, por regiões, dos estágios da 2.ª fase da 6.ª edição no âmbito do Programa Estágios Profissionais na Administração Local.

São, no total, 2088 estágios, cofinanciáveis pelo Fundo Social Europeu através dos Programas Operacionais Regionais, num montante disponível de cerca de 18,5 milhões de euros.

Um País Sem Energia 

Os últimos tempos são muito claros, um País a perder energia a olhos vistos. Esta greve dos condutores de transportes de mercadorias perigosas é bem a evidência disso mesmo.

O sindicato bom e o sindicato mau

Este governo foi pródigo em deixar-nos novos conceitos em democracia. Mas talvez o mais pernicioso de todos seja este com que nos brinda no final: a ideia de que os sindicatos são bons se, nas mãos da UGT ou da CGTP, puderem ser instrumentalizados para atacar um governo hostil, mas passam a ser maus se, independentes, decidirem atacar-nos no momento em que mais nos dói. Foi um modelo de argumentação tentado com os enfermeiros, mas agora verdadeiramente executado com os motoristas de matérias perigosas.

GNR está a fazer transporte de combustível em Lisboa, Alentejo e Algarve

Na sequência da Situação de Alerta declarada pelo Ministro da Administração Interna foram realizados ontem, dia 12 de agosto, pela Guarda Nacional Republicana, transportes de combustível em 13 veículos pesados de transporte de mercadorias perigosas com destino às regiões de Lisboa, Setúbal, Beja e Algarve, envolvendo um total de 26 militares da GNR.

Mais uma greve dos motoristas…

Pois é, chegou mais uma greve dos motoristas, em plena época alta das férias. O que esperar? Uma verdadeira corrida aos combustíveis e aos bens essenciais nestes dias?

Desculpem que vos diga, mas que férias de m*r*a! As férias são para ir passear, ir à praia, a sítios culturais. Não para correr para uma bomba de gasolina e aguardar horas por uma gota. Tempo desperdiçado…

Parece que o dia 05-08-2019 era essencial para se saber, decidir, se a greve avançava ou não.

Governo declara Situação de Alerta nacional

Está declarada a Situação de Alerta nacional  até às 23h59 do dia 21 de agosto de 2019, em todo o território de Portugal continental. A declaração foi emitida pelo Ministro da Administração Interna e decorre da situação de Crise Energética decidida pela Resolução de Conselho de Ministros nº 134-A/2019, face à suscetibilidade de serem afetados bens e serviços essenciais à população.

"Alterações climáticas são uma realidade incontornável"

Está publicada a resolução da Assembleia da República que recomenda ao Governo que declare o estado de emergência climática no País "assumindo o compromisso de promover a máxima proteção de pessoas, economias, espécies e ecossistemas e de restaurar condições de segurança e justiça climáticas".

Os Donos Disto Tudo

Eles instalaram-se no Estado, controlam o aparelho, manipulam o sistema, e destroem a democracia. São arrogantes porque são poderosos. Vivem no Estado e do Estado há anos, há décadas, a vida inteira, alguns há várias gerações.

São avaliados, escrutinados e criticados, mas riem-se de tudo isso, porque lhes é inconsequente. O poder pertence-lhes porque o povo, manso, obediente, intelectualmente preguiçoso, prefere o conforto do Estado paternalista à responsabilidade trabalhosa de pegar na Liberdade com as duas mãos.

Páginas