Está aqui

Artigos publicados

Medronho de Odemira vence prémio Melhor dos Melhores e Medalha de Ouro

A Aguardente de Medronho “Medronho Original” da marca Júnior Jacques, produzido pela destilaria Alma Orgânica, no concelho de Odemira, conquistou o prémio Melhor dos Melhores e a Medalha de Ouro no 5º Concurso Nacional de Aguardentes Não-Vínicas 2020/2021.

“Este prémio é o resultado de muito trabalho e de uma grande vontade de fazer sempre melhor. Obrigado a todos que nos têm acompanhado ao longo dos anos, os nossos colaboradores, parceiros, amigos e sobretudo os nossos clientes, aqueles que procuram qualidade e valorizam a diferença” são as palavras da empresa nas redes sociais.

Projeto social alentejano vence prémio internacional Fundación Cepsa

O projeto “Mães Brilhantes - Empowerment de Famílias Monoparentais Femininas”, promovido pela Fundação Salesianos de Évora, é um dos 5 premiados este ano, a nível nacional, pela Fundación Cepsa, e irá receber 10.415€.

O projeto tem como objetivo o acompanhamento de mães de famílias monoparentais em situação de vulnerabilidade, de forma a responder e ser um apoio efetivo aos vários desafios que estas mães e as suas famílias enfrentam. Nesse sentido, o programa está assente no desenvolvimento de competências a vários níveis: parental, pessoal, social e profissional.

Tinto alentejano Herdade de São Miguel entra no top 100 do Wine Enthusiast

A colheita de 2018 do Herdade de São Miguel Escolha dos Enólogos acaba de entrar para o TOP 100 de 2020 do Wine Enthusiast, com 92 pontos e um 77º lugar na lista. Este vinho, produzido pela Casa Relvas, tem já um histórico de pontuações acima dos 90 pontos pelo prestigiado ranking nos últimos anos, com uma primeira presença com a colheita de 2011.

Reclamações à Black Friday disparam 59%

As reclamações relativas à Black Friday já não são novidade. No entanto, este ano, com a Black Friday mais digital de sempre, as reclamações apresentadas pelos consumidores quase duplicaram. Entre 1 de novembro e 2 de dezembro de 2020, foram registadas no Portal da Queixa 416 reclamações relativas à Black Friday, um aumento de 59% face ao período homólogo, onde foram contabilizadas 262 reclamações. Tecnologia, Informática e Som foi a categoria mais visada e o principal motivo de reclamação foi a dificuldade de entrega do produto.

Miradouro

É urgente desfrutar da paisagem.

É necessário ser o que se vê.

É perigoso olhar para trás

cair onde caímos

pela última vez.

 

...............................

 

Administração Interna hoje no Alentejo para discutir segurança

O ex-director do Serviço de Informações e Segurança e agora Secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, Antero Luís, reúne-se hoje com a Presidente da Câmara Municipal de Mourão, Maria Clara Safara, para discutir temas relacionados com a segurança no município de Mourão. O encontro acontece às 11h00.

Às 16h00 Antero Luís, reúne-se, por videoconferência, com o Presidente da Câmara Municipal de Serpa, Tomé Pires, para um ponto de situação sobre o Contrato Local de Segurança (CLS) assinado com este município.

 

Imagem de capa do I

 

 

Deputados alentejanos questionam Governo sobre a falta de médicos no Baixo Alentejo

Os deputados socialistas Pedro do Carmo e Telma Guerreiro, eleitos por Beja, questionaram o governo sobre que medidas pretende o governo adotar para combater o problema da falta de médicos especialistas em Saúde pública na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo.

Moura conta a história dos mil heróis de Santo Aleixo na restauração da independência de Portugal

Após o sucesso da primeira edição, a Câmara Municipal de Moura lança agora a 2.ª edição do livro “Uma aldeia, mil heróis…”, no âmbito das comemorações dos 380 anos da restauração da independência de Portugal, que se assinalou ontem, dia 1 de dezembro.

Há cinco anos os chocalhos alentejanos eram declarados património da humanidade raro

Há precisamente 5 anos, a 1 de dezembro de 2015, a UNESCO declarava o  fabrico de chocalhos como Património Cultural Imaterial com Necessidade de Salvaguarda Urgente.

A candidatura foi coordenada pelo antropólogo Paulo Lima, que contou com a colaboração de uma equipa da qual faziam parte, entre outros, a historiadora Ana Pagará, o fotografo Augusto Brázio e o realizador David Mira, e liderada pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo em colaboração com a Câmara Municipal de Viana do Alentejo e a Junta de Freguesia de Alcáçovas.

Restauração da independência teve "mão alentejana"

Em Portugal, a dinastia castelhana dos Filipes governou de 1580 a 1640.

Ao longo destes anos, o reino de Portugal foi espoliado e soterrado em impostos para financiar as guerras e caprichos castelhanos, levando o povo português a uma situação de quase desespero. Com fome e com o mal-estar instalado, começaram a surgir revoltas contra a situação e o Alentejo, em vários momentos, e de várias formas, teve um papel central na Restauração.

Páginas