Está aqui

Sindicato dos Enfermeiros Portugueses

Enfermeiros contestam Hospital de Évora devido a progressões

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) contestou a não atribuição de pontos para progressão na carreira a 40 profissionais do hospital de Évora, exigindo esclarecimentos, mas a unidade hospitalar disse que “aguarda clarificação” do assunto.

Em declarações à agência Lusa, Celso Silva, da Direção Regional do Alentejo do SEP, afirmou que “queremos saber o motivo de não terem sido contabilizados pontos de 2004 a estes colegas” e “exigimos uma resposta fundamentada do ponto de vista jurídico”.

Beja tem apenas 43 enfermeiros disponíveis para vacinação da covid-19

A Ordem dos Enfermeiros revelou que, dos 9.366 profissionais disponíveis para contratação para a vacinação contra a covid-19, no âmbito da execução da segunda fase do plano, a partir deste mês de abril, apenas estão disponíveis 43 enfermeiros no distrito de Beja. O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) do Alentejo afirma que são números “normais”, avança a Rádio Pax.

Sindicato diz que os enfermeiros são discriminados no Baixo Alentejo

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) afirmou, esta quarta-feira, que a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) discrimina enfermeiros com contrato individual por terem menos dias de férias do que colegas da função pública.

Em declarações à Lusa, Celso Silva, da direção regional do Alentejo do SEP, revelou que todos os enfermeiros da ULSBA têm direito a 22 dias de férias, mas quem tem contrato de trabalho em funções públicas (CTFP) tem mais um dia de férias por cada dez anos de serviço, e quem tem contrato individual de trabalho (CIT) não tem.

Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano precisa de mais enfermeiros

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) exigiu a contratação de mais enfermeiros para a Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), especialmente em contexto de pandemia e época balnear.

Utentes e Sindicato voltam aos protestos no Hospital do Litoral Alentejano

A falta de profissionais de saúde na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) está a mobilizar as Comissões de Utentes do Litoral Alentejano e o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses para um novo protesto.

ENFERMEIROS E UTENTES EM PROTESTO CONTRA AS CONDIÇÕES DO HOSPITAL DO LITORAL ALENTEJANO

O risco de funcionamento do serviço de paliativos e o encerramento do serviço de convalescença do Hospital do Litoral Alentejano levaram a semana passada a totalidade dos autarcas do Litoral Alentejano, a pedir "com caráter de urgência", uma reunião com o Ministério da Saúde.