Está aqui

Quercus

Quercus preocupada com projeto agroflorestal em Alcácer do Sal

A associação ambientalista Quercus manifestou-se preocupada com as dimensões de um projeto agroflorestal previsto para a Herdade da Batalha, em Alcácer do Sal, alertando para o aumento das ameaças e destruição da floresta autóctone.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, a Quercus revelou que o projeto agroflorestal da Herdade da Batalha, cuja consulta pública do estudo de Avaliação de Impacte Ambiental (AIA) terminou na passada quarta-feira, tem uma “dimensão preocupante”.

Quercus convida à descoberta do Parque Natural da Serra de São Mamede

A associação ambientalista Quercus, através do seu núcleo regional de Portalegre, organiza no próximo domingo, dia 13, uma saída de campo no Parque Natural da Serra de São Mamede, para promover a observação e a identificação da sua diversidade florística e faunística, noticia a agência Lusa.

Esta iniciativa, com começo marcado para as 12:00, visa igualmente, segundo a mesma fonte, descobrir as singularidades geológicas desta região e comprovar a tipicidade das povoações e tradições daquela área protegida.

Árvores secas na Serra de S. Mamede preocupam ambientalistas

A associação ambientalista Quercus está preocupada com a quantidade de árvores secas da espécie carvalho negral no Parque Natural da Serra de São Mamede (PNSSM), naquilo que se deduz como um “fenómeno” que poderá estar relacionado com a seca.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, a Quercus estima que possam estar afetadas “milhares de árvores”, e que em 2021 se verificou um “fenómeno semelhante” durante o mês de agosto, facto que valeu um alerta ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) para o problema.

Barragem do Pisão é importante apesar dos impactos negativos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) do projeto da Barragem do Pisão, no Crato, que se encontra em consulta pública, alerta para “impactes negativos significativos”, mas defende a obra pelo “valor socioeconómico” que terá para a região.

O EIA do Aproveitamento Hidráulico de Fins Múltiplos (AHFM) do Crato, que é promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), encontra-se em consulta pública desde dia 1 de julho, prolongando-se esta fase até ao dia 11 de agosto.

Praia fluvial de Monsaraz recebe galardão de “Qualidade de Ouro”

A praia fluvial de Monsaraz recebeu, pela primeira vez, o galardão de “Qualidade de Ouro”, atribuído pela Quercus, revela o município em comunicado.

De acordo com a mesma fonte, a praia de Monsaraz “terá assim hasteada a Bandeira de Praia com Qualidade de Ouro 2022 durante a época balnear, que vai decorrer de 10 de junho a 18 de setembro”, acrescentando que a Quercus reconheceu 441 praias com o galardão que atesta a qualidade da água balnear.

Quercus alerta para pressão de construções na Serra de Grândola

A Quercus alertou para a pressão causada nos montados de sobro da Serra de Grândola pelo aumento de construções e apelou à revisão das normas urbanísticas naquele território.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, a associação ambientalista disse ter “constatado um aumento de construções no interior dos montados de sobro na Serra de Grândola”, no litoral alentejano, zona que tem sido afetada. “nas últimas décadas”, por “problemas de sanidade” nos sobreiros e azinheiras.

“Problema sanitário” afeta milhares de carvalhos-negrais em Castelo de Vide

A associação ambientalista Quercus alertou para a seca e problemas sanitários em “milhares de carvalhos-negrais” no Parque Natural da Serra de São Mamede (PNSSM), em especial no concelho de Castelo de Vide.

Em comunicado citado pela agência Lusa, o núcleo regional de Portalegre da Quercus explica que, no mês de agosto, verificou que “milhares de carvalhos-negrais (Quercus pyrenaica) estavam a ficar com as folhas amarelas e secas, no norte do distrito de Portalegre, particularmente no concelho de Castelo de Vide”, dentro do PNSSM.

Quercus critica obra da barragem do Pisão como tiro “fora do alvo”

A associação ambientalista Quercus considerou, este sábado, o projeto de construção da barragem do Pisão “um primeiro tiro da ‘bazuca’ fora do alvo”, que vai ser financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Em comunicado, citado pela Lusa, a associação disse tratar-se de “um projeto do Estado Novo que, por falta de viabilidade, nunca tinha sido executado”. Mais conhecido como barragem do Pisão, o empreendimento “foi inscrito para investimento no PRR, apesar da oposição da Quercus e de outras entidades” durante a consulta pública do plano, adiantou.

Alentejo com 28 praias com Qualidade de Ouro

Há 28 praias alentejanas que foram distinguidas com o galardão Qualidade de Ouro, atribuído pela agência ambientalista Quercus, em 2021.

Em relação ao ano anterior, há menos uma galardoada, ainda assim, o Alentejo mantém um nível considerável de praias distinguidas.

A bandeira qualidade de ouro distingue a qualidade da água balnear das praias nacionais. No território nacional foram identificadas com Qualidade de Ouro 392 praias com em Portugal. A região do Tejo e Oeste é a mais galardoada, com 100 praias de Qualidade de Ouro.

Sines e Santiago do Cacém vão receber ações de sensibilização ambiental

A Quercus e a Águas de Santo André (AdSA), do Grupo Águas de Portugal, assinaram um protocolo de cooperação que visa promover a sensibilização ambiental junto da comunidade, avança a Greensavers.

O programa tem como área de atuação os municípios de Sines e Santiago do Cacém, onde serão realizadas várias atividades em locais como o Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Santo André da Quercus, em escolas e outros estabelecimentos.

Páginas