Política Nacional

FERREIRA DO ALENTEJO INVESTE NA EDUCAÇÃO

A Câmara de Ferreira do Alentejo (Beja) vai requalificar os edifícios das escolas básicas de 1º Ciclo de Ferreira do Alentejo, de Figueira dos Cavaleiros e de Alfundão, com recursos a Fundos Comunitários, tendo a candidatura já recebido luz verdes das instâncias competentes

É objetivo da autarquia requalificar mais três escolas: Odivelas, Canhestros e Santa Margarida do Sado.

Imagem daqui

HOSPITAL DE BEJA GANHA NOVO INVESTIMENTO DE 1,2 MILHÕES

A ULSBA - Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, EPE vai investir 1,2 milhões em equipamento de ponta para o serviço de Imagiologia.

Com recurso a Fundos Comunitários, a candidatura do projeto ao Programa Operacional Regional Alentejo 2020 já foi aprovada, vai ser possível modernizar o equipamento do Serviço de Imagiologia do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, sendo substituídos os aparelhos de TAC, de Raio X convencional e portátil, dois ecógrafos e uma estação digital de Mamografia, além de outros equipamentos informáticos que suportam este serviço.

ALENTEJO CENTRAL ESTÁ A DIVULGAR APOIOS A PEQUENOS AGRICULTORES

Os municípios de Viana do Alentejo e de Portel (Évora) integram um conjunto de entidades que estão a organizar sessões de Divulgação e Esclarecimento sobre o programa de apoios a pequenos investimentos na exploração agrícola e pequenos investimentos na transformação e comercialização de produtos agrícolas,  GAL TERRAS DENTRO 2020, que abriu a suas candidaturas a 22 de julho e encerra a 16 de setembro.

Este programa – financiado por Fundos Comunitários da União Europeia - insere-se nos apoios ao Desenvolvimento Local de Base Comunitária.

ÁGUAS DO ALENTEJO ABRE A TORNEIRA DOS MILHÕES

É objetivo da Águas Públicas do Alentejo (AgdA) – junta a Águas de Portugal, em representação do Estado e a Associação de Municípios para a Gestão da Água Pública – investir, até 2020, cerca de 61 milhões de euros em projetos espalhados pelo Alentejo, tendo, para o efeito, apresentado seis candidaturas ao Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no uso de Recursos (POSEUR).

ABUTRE PRETO VOLTA AO ALENTEJO 40 ANOS DEPOIS

É a segunda vez nos últimos dois anos que é sinalizado o nascimento de uma cria abutre-preto no Alentejo, na Herdade da Contenda, em Moura e merece destaque porque esta ave já havia desistido de se reproduzir no Alentejo há mais de quarenta anos. A ave tem merecido o apoio do projecto LIFE “Habitat Lince Abutre”.

O Abutre-preto está ameaçado de extinção em Portugal e a principal ameaça que enfrenta é a do envenenamento deliberado, sendo que estão sinalizadas menos de uma centena em Portugal.

AFINAL NÃO VAI HAVER PETRÓLEO ALENTEJANO

A Galp e a italiana ENI desistiram da prospeção de petróleo no Alentejo e o furo previsto para prospeção de petróleo no mar, ao largo de Sines (Beja), já não vai acontecer.

Esta novidade foi revelada hoje, sexta 29, durante a apresentação de resultados da Galp e vem no sentido oposto do revelado em março passado, pelo administrador da Galp Thore Kristiansen, em Londres, aquando da divulgação do plano estratégico da Galp para 2016-2020.

ÉVORA: CENTRO HISTÓRICO VAI MESMO PAGAR IMI

Câmara Municipal de Évora vai arrecadar cerca de um milhão de euros por ano. 

Voltou a polémica da cobrança de IMI nos centros históricos classificados pela Unesco, com as finanças a impôr cobrança de IMI aos proprietários, o que resulta num aumento de receitas da Câmara Municipal de Évora em mais de um milhão de euros por ano.

Estima-se que no centro histórico de Évora existam entre 4 a 5 mil imóveis e que representam cerca de 1 milhão de euros receita fiscal.

TURISMO DE PORTUGAL LANÇA NOVO ROTEIRO TURÍSTICO COM ELVAS E ÉVORA

Elvas, Évora, Lisboa e Sintra são as cidades património mundial em destaque no novo roteiro turístico do Turismo de Portugal, publicados em português, inglês e espanhol. Produzidos pelo Centro Nacional de Cultura, estes roteiros incluem mais de 350 fotografias e conteúdos que ilustram as novas experiências turísticas e que visam atrair mais turistas, convidado-os a descobrir estas cidades históricas.

ELVAS QUER BARCOS NA BARRAGEM DO CAIA

O município de Elvas, aliado aos municípios de Arronches e Campo Maior, está a negociar com o Ministério do Ambiente a alteração da legislação que impede a navegação de recreio naquela que é a maior albufeira do distrito de Portalegre.

Para estes municípios trata-se da oportunidade de tirar partido, em termos turísticos, da Barragem do Caia, atraindo mais turistas e dinamizando a economia local.

Imagem de capa daqui.

TURISMO DO ALENTEJO QUER FAZER POSTAIS CONSIGO

Foi batizada de “Desligue. Regresse aos Postais no Alentejo” a nova campanha do Turismo do Alentejo/Ribatejo e que vai começar na quinta-feira, nas praias do litoral alentejano.

Presente nas principais praias do litoral alentejano, esta campanha vai tirar fotografias – impressas no momento num postal com a assinatura do Turismo do Alentejo/Ribatejo - a quem escolheu o Alentejo como destino de férias e enviá-las a familiares e amigos, e entregue aos turistas que só terão que colocá-la no correio para o destinatário que desejem.

Páginas