21 Março 2019      18:10

Está aqui

Médicos não querem vir para o Alentejo

O Governo abriu um total de 113 vagas para médicos de família em Centros de Saúde, mas só foram ocupadas 73. E o Alentejo é uma das regiões menos preferidas dos médicos já que, de um total de 9 vagas, apenas preencheu uma.

Os Sindicatos do setor defendem uma nova forma de seleção para colmatar falta de médicos na especialidade de Medicina Geral e Familiar, a que o Governo parece disposto a discutir. Porém, para João Proença, presidente da Federação Nacional dos Médicos, as motivações para poucos médicos concorrerem a lugares de médicos de família em centros de saúde tem que ver com a "falta de condições" na generalidade das instalações e da pouca progressão na carreira que aqueles lugares permitem.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão.

 

 

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.