29 Março 2017      12:28

Está aqui

CASTELO DE VIDE CELEBRA A PÁSCOA COM CAPACIDADE HOTELEIRA ESGOTADA

Castelo de Vide celebra a Páscoa com um evento particular e que atrai um número crescente de visitantes, ao ponto de, segundo declarações do autarca António Pita, esgotar a capacidade de oferta hoteleira local. Falamos da quinzena do sarapatel, um prato típico de Castelo de Vide e que remonta ao século XVI quando os cristãos novos, assim se chamavam os judeus convertidos, trocaram o porco (usado então neste prato com origem em Goa) pelo borrego, para evitar problemas com a Inquisição.

As sopas de sarapatel, que incluem pão e um segredo bem guardado de mistura de ervas aromáticas, de inspiração da cozinha judaica, passaram assim a incluir a dieta pascal local e preservaram-se até aos nossos dias, assumindo um lugar central nesta quinzena gastronómica, que decorre até 17 de abril.

Para além do sarapatel, a quinzena destaca ainda a perna de borrego assada no forno, o ensopado de borrego e os pezinhos de cabrito de tomatada, entre outros. Esta festa gastronómica inclui ainda os doces tradicionais como os bolos fintos, a boleima e as queijadas.

"Estes pratos fazem parte da inspiração da cozinha judaica. São diferenciadores e fazem parte da dieta pascal", observou.

Imagem de capa da casadasmos.blogspot.pt

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.