3 Junho 2015      12:58

Está aqui

A ECONOMIA E O DIA DA CRIANÇA

Celebrou-se esta semana em Portugal, no dia 1 de junho, o Dia da Criança. Sem dúvida um excelente contexto para se começar uma crónica sobre Economia.

Uma breve pesquisa no Google, essa fantástica ferramenta de trabalho, permite identificar que nas dez primeiras entradas para economia para crianças, nove estão relacionadas com a educação financeira/economia doméstica.

Esta pesquisa é extremamente interessante, por dois motivos. O primeiro é que pessoalmente considero esta temática como fundamental para o futuro a médio/longo prazo da nossa sociedade. Porque em meu entender, parte da crise que atravessamos deve-se a uma certa falta de educação/literacia financeira. O segundo motivo deve-se ao facto de oito dos resultados serem provenientes do Brasil… É óbvio que, com cerca de 20 vezes mais população, as iniciativas sejam maiores neste país. Mas mostra também que em Portugal, pouco se faz a este nível. O que é uma lástima.

No entanto, a crónica de hoje, a primeira, não tem a ver diretamente com a educação financeira. Deixarei para segundas núpcias essa crónica. Ou melhor: essas crónicas. A educação financeira por si só, quer se aborde no geral ou no caso particular das crianças, dá para fazer um conjunto de crónicas muito interessantes, às quais me dedicarei certamente no futuro.

Mas se a crónica de hoje não é sobre este tema em particular, qual o motivo de a associar às crianças?

A verdade é que aquilo que a Economia trata é algo que é comum a todos os cidadãos. Sim, também a si que está a ler esta crónica! Desde que acorda até que se deita, a Economia passa por todos os momentos do seu dia (sim, do seu dia, caro leitor). Como escrevi no meu último livro, todos somos economistas, não de formação ou profissão, mas sim de ação! E isso inclui também as crianças. Elas não sabem que enfrentam decisões económicas (como provavelmente o leitor também não sabe, em alguns casos…) mas já tomam essas decisões. Mesmo que não compreendam todos os seus fundamentos.

O desafio de escrever crónicas semanais sobre Economia é grande. O principal motivo deve-se ao facto de a maior parte das pessoas achar que a Economia é algo distante, que tem muitos números e é muito complicado. Mas na realidade não é…

O que se pretende com estas crónicas que hoje começam é dar um ponto de vista diferente sobre a Economia. Mostrar que, na realidade, a Economia está presente na nossa vida mais do que possa imaginar. Desmistificar alguns conceitos que a ela estejam relacionados mas fazê-lo de forma rigorosa. Mas ao mesmo tempo percetível a todos.

Já agora, a outra entrada do Google não é mais do que a indicação d’“O meu Livro de Economia”, um livro da autoria do Professor João César das Neves, que fala da Economia para as crianças. Um excelente livro de um não menos excelente economista, que tive o prazer de ter presente na sessão de apresentação do meu último livro “A Economia explicada ao meu filho”. Também ele a juntar a Economia e as crianças…

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.