Está aqui

Trovoada

Quase todo o país em alerta laranja devido a chuva e trovoada

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou, hoje, segunda-feira, quase todos os distritos de Portugal continental sob alerta laranja devido à chuva e trovoada previstas para esta manhã.

De acordo com a Lusa, o alerta laranja é o segundo mais grave numa escala de três e vigora em 12 dos 18 distritos do continente (as exceções são apenas Bragança, Castelo Branco, Guarda, Portalegre, Vila Real e Viseu) e estará em vigor até às 15:00 desta segunda-feira. Os motivos, de acordo com o IPMA, são as trovoadas “frequentes e concentradas”.

Aguaceiros colocam quase todo o território sob aviso amarelo

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje, segunda-feira, 16 distritos de Portugal continental sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, pontualmente fortes, podendo ser de granizo e acompanhados de trovoada.

Segundo a Lusa, este aviso, que vai vigorar entre as 12:00 e as 18:00 de hoje, abrange quase todos os distritos de Portugal continental, ficando de fora apenas os de Bragança e Faro.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Alentejo sob aviso amarelo devido a chuva ou trovoada

Os distritos de Portalegre, Setúbal, Évora e Beja estarão sob aviso amarelo entre as 12h00 e as 21h00 de hoje, quarta-feira, devido à previsão de chuva ou aguaceiros, localmente fortes e que poderão ser acompanhados de trovoada, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Dias de primavera chegam ao fim com aparecimento de chuva

O tempo quente de primavera que se registou nos últimos dias está a chegar ao fim, prevendo-se já para hoje, quinta-feira, uma descida da temperatura, bem como a ocorrência de chuva e trovoada, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em declarações à Executive Digest, a meteorologista Patrícia Marques explica que “os valores dos últimos dias têm estado acima do normal para a época”, contudo, para esta quinta-feira, “já descem, sobretudo os da máxima”.

Évora e Beja sob aviso amarelo devido a chuva forte e trovoada

Os distritos de Évora e Beja vão, hoje, quinta-feira, estar sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoada, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os avisos de chuvas vão vigorar entre as 15 de hoje e as 03:00 de sexta-feira. Recorde-se que o aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Portugal continental sob aviso amarelo devido a chuva

Todos os distritos de Portugal continental estão hoje, quinta-feira, sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada, devido a uma depressão, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, os distritos de Portalegre e Évora vão estar sob aviso amarelo entre as 12h as 18h de hoje, enquanto que o distrito de Santarém vai estar sob aviso amarelo entre as 12h e as 15h, e o distrito de Beja entre as 09h e as 15h.

Trovoada em Évora provoca inundações e quedas de árvores

A trovoada que atingiu Évora esta terça-feira ao final da tarde, acompanhada de chuva forte, provocou mais de 60 inundações, a sua grande maioria em habitações, assim como algumas quedas de árvores, divulgou fonte da Proteção Civil à agência Lusa.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora indicou que foram registadas, até às 22:15, 62 inundações, em habitações e vias públicas, cinco quedas de árvores e duas situações de resgate de pessoas que estavam em zonas inundadas. No entanto, “não há danos pessoais a registar”.

Chuva, trovoada e granizo provocam vários acidentes no Alentejo

A chuva e a queda de granizo surpreendeu hoje à tarde, 24 de março, o sul do país, particularmente o Alentejo, onde a GNR dá conta de vários acidentes, alguns por despiste provocado pela queda de gelo.

A Protecção Civil encerrou mesmo o perímetro do Castelo de Mourão, onde um raio atingiu uma das torres daquele castelo, ameaçada agora de derrocada eminente. Há relatos de corte de energia na região.

Iremos acompanhar a situação.