Está aqui

Centro de Paralisia Cerebral de Beja

Não conhecemos melhor "sunset" que este em Beja

O Centro de Paralisia Cerebral de Beja (CPCB) organiza, no dia 11 de Julho pelas 18h30 nos Jardins do Beja Parque Hotel, a 3a edição do Evento Solidário “Sunset By CPCB/ 2019”. 

Em Beja a dança serve para incluir

Quando dançar é muito mais que isso. Este é um artigo sobre o “InclusiveDance” – Grupo de Dança Contemporânea, um projeto desenvolvido pelo Centro de Paralisia Cerebral de Beja (CPCB).

Este grupo de dança está longe, muito longe de ser um vulgar grupo de dança; não tem bailarinos do Bolschoi russo nem nada que se assemelhe, mas os seus integrantes sentem-no como tal e divertem-se a fazê-lo. Este grupo de dança contemporânea inclui pessoas com mobilidade reduzida que se deslocam em cadeiras de rodas.

Beja vai pagar equitação terapêutica a crianças com paralisia cerebral

O Município de Beja anunciou que vai passar a atribuir ao Centro de Paralisia Cerebral de Beja, um subsídio mensal de mil euros para garantir que crianças do concelho possam vir a beneficiar das actividades de equitação terapêutica.

Beja: António Zambujo e Bruno Ferreira em Sunset solidário

Há sunsets para muitos gostos, em vários locais, mas este será, sem dúvida, o mais especial de todos e o Centro de Paralisia Cerebral de Beja está a tratar disso mesmo.

Esta será a 2a edição do Evento Solidário “Sunset by CPCB 2018”, que terá lugar 9 de julho, pelas 19 horas.

"Imagin'Art" em Castro Verde

Foi inaugurada na passada sexta, dia 27, no Fórum Municipal de Castro Verde a exposição "Imagin'art", com trabalhos da autoria de utentes do Centro de Paralisia Cerebral de Beja.

Com o objetivo de facilitar a integração social e promover a valorização pessoal destes jovens, e o desenvolvimento das suas competências, esta exposição reúne um conjunto de trabalhos de pintura, da autoria de sete alunos do Centro de Atividades Ocupacionais do CPCB, e estará patente até 25 de maio.

 

Imagem de vozdaplanicie.pt

 

BEJA: ZAMBUJO E BRUNO FERREIRA APADRINHAM PROJETO SOLIDÁRIO DO CENTRO DE PARALISIA CEREBRAL

O Centro de Paralisia Cerebral de Beja desenhou um projecto a várias mãos que ilustra os sonhos de 12 utentes daquela instituição, através de 12 sessões fotográficas "em cenários que dão cor, vida e movimento ao sonho de cada um dos participantes". Deste projeto resultou um Calendário, que vai agora servir para angariar fundos para a aquisição de um elevador de transferência para o Picadeiro da Horta de Todos do CPCB (Beja), que permita a Hipoterapia de pessoas com mobilidade reduzida e a requalificação e modernização do equipamento da sala de Snoezelen que tem material obsoleto.

BEJA: O CALENDÁRIO QUE TODOS QUERERÃO TER

Já está em fase final de produção o calendário que todos vão querer comprar. Em Beja, já foram feitas todas as sessões fotográficas necessárias para a realização desta iniciativa Centro de Paralisia Cerebral de Beja.

O projeto “Abraça o meu Sonho” é uma ação que pretende provar que Sonhar é para todos e conta com a participação de várias entidades e personalidades alentejanas com António Zambujo à cabeça, mas também com a Casa do Benfica e a Fundação Benfica, Câmaras Municipais, Bruno Ferreira, entre outros

PINTORES COM PARALISIA CEREBRAL EXPÕEM EM BEJA

Até final de janeiro pode visitar, na sede da Empresa Municipal de Águas e Saneamento de Beja – EMAS, um conjunto de pinturas da autoria de utentes do Centro de Paralisia Cerebral de Beja.