Está aqui

Avaliação Bancária na Habitação

Alentejo regista valores mais baixos no preço da habitação

O valor mediano de avaliação bancária na habitação subiu em novembro para um novo máximo histórico de 1 272 euros por metro quadrado (m2), um aumento homólogo de 11,2% e 21 euros acima de outubro, à exceção do Alentejo, divulgou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo o INE, citado pela Lusa, “em novembro de 2021, o valor mediano de avaliação bancária, realizada no âmbito de pedidos de crédito para a aquisição de habitação, fixou-se em 1 272 euros por metro quadrado (euros/m2), tendo aumentado 1,7% face a outubro (1 251 euros/m2)”.