Está aqui

Curiosidades

A gaita de Castro Verde em livro

A PédeXumbo lançou um novo livro: “Ao toque da flaita”.

Integrado na coleção "Para Conhecer e Fazer", da autoria de Paulo Nascimento e Marta Guerreiro, este livro foi lançado em Castro Verde na passada quinta-feira.

O tema central é a chamada gaita, ou gaita de beiços, ou ainda harmónica ou flaita e é composto por informações e histórias que foram sendo recolhidas em conversas e entrevistas realizadas a tocadores do concelho de Castro Verde.

Beja: Depois do Sporting, o Benfica

Depois do Sporting, o Sport Lisboa e Benfica, também vai aterrar no Aeroporto de Beja.

Os campeões nacionais terminarão a sua participação na Internacional Champions Cup, nos Estados Unidos, na madrugada de domingo, Após o confronto com os italianos do AC Milan, o Benfica regressa a Portugal via Beja, onde aterrará na próxima segunda-feira, às 7:40h.

Como adiantamos aquando da chegada do Sporting – após confronto com Liverpool, também nos EUA – este desvio de voos charter devem-se às limitações que o Aeroporto de Lisboa apresenta ao nível do elevado tráfego aéreo.

Cartuxa fecha as portas, de vez

Os Monges da Ordem da Cartuxa vão abandonar Évora, até final do ano, e vão para mosteiro em Espanha.

Os quatro monges cartuxos - dois octogenários e dois nonagenários – sentem-se já poucos para manter a vida da Cartuxa de pé, como confessou o padre Antão Lopez, monge e prior da Cartuxa de Évora.

O que são Chocalhos? Exposição em Alcáçovas explica tudo

O que são Chocalhos, como se fabricam, quem os fabrica e para que servem? Alcáçovas, no concelho de Viana do Alentejo, inaugura a 26 de julho, no Paço dos Henriques, uma exposição permanente dedicada ao fabrico de chocalhos, manifestação inscrita pela Unesco como património mundial em 2015.

A exposição que ocupa o 1º piso do Paço dos Henriques está dividida em 3 partes: a primeira sala é dedicada ao fabrico de chocalhos, a segunda à paisagem sonora e sensorial que os chocalhos produzem e, a terceira sala, aos mestres chocalheiros.

Évora procurou "inspiração para um mundo melhor"

Este foi o quarto ano consecutivo em que a Fundação Eugénio de Almeida (FEA) promoveu um evento IGNITE Portugal.

Estes eventos surgiram em Seattle nos Estado Unidos, há cerca de 13 anos, e foi trazido para Portugal, em 2009, por Miguel Muñoz Duarte, empreendedor e docente em empreendedorismo.

O tema proposto desta edição – que decorreu no dia 11 - foi “powering a better future” e foram convidados oradores que fossem verdadeiramente inspiradoras em áreas importantes e distintas como o ambiente, o desenvolvimento social, a educação ou as tecnologias, entre outras.

O alentejano que batizou a Austrália

Reza a História que Pedro Fernandes de Queirós, terá nascido em Évora, por volta de 1565 e que terá morrido no Panamá.

Dito assim, sem mais, já será bastante estranho que, há época, um alentejano tenha vindo a morrer no Panamá. Mas Pedro era navegador explorador ao serviço da coroa espanhola - o que levou a ser conhecido por ou Pedro Fernández de Quirós - que terá sido um dos primeiros europeus a navegar pelos mares da Oceânia, como piloto de Álvaro de Mendaña de Neira , nas explorações do sudoeste do Oceano Pacífico.

Alentejo ainda em força na batalha dos doces

Portalegre já teve os seus doces a votação até ao passado dia 11; os de Beja estarão até dia 22 e os de Évora até 24. São ainda muitos os representantes alentejanos nesta batalha de doces.

A concurso no “7 Maravilhas Doces de Portugal”, de Portalegre, estiveram a votação as Ameixas e o Sericaia de Elvas, o Pastel de Castanha de Marvão, os Rebuçados de Ovo, a Boleima, os Fartes e o Queijo Dourado de Portalegre.

Mourão promove Festival Ibérico do Gaspacho

Se há uma década dissesse-mos que em 2019 Mourão teria uma praia, poucos iriam acreditar, mas tem, e é nessa praia que vai decorrer a primeira edição do Festival Ibérico do Gaspacho.

Símbolo e marca da gastronomia e cozinha alentejana, o gaspacho (ou muitas vezes “caspacho”), vai ter direito a um festival ibérico. A primeira edição será na praia fluvial de Mourão, este fim de semana, e o caldo de água fria, pão, azeite, sal, vinagre e tomate (como base – existem depois muitas variantes) serão os ingredientes reis da festa!

Novas descobertas geram entusiasmo arqueológico no Alentejo

Marvão, Moura, Alandroal e Reguengos de Monsaraz estão a ser palco nos últimos dias de valiosas descobertas arqueológicas por um lado e de uma aproximação da população e visitantes por outro à riqueza arqueológica da região, aspetos que pelo menos não têm merecido nos últimos anos grandes referências na comunicação social.

Chocalhos, cães, animais de pasto e máquinas agrícolas na feira da alma alentejana

O chocalho, património da humanidade UNESCO, tem uma feira dedicada em Alcáçovas, no Concelho de Viana do Alentejo. O evento, que é mais do que uma feira e os organizadores preferem descrevê-la como uma grande homenagem à paisagem e tradição rural alentejana, por onde vagueiam bovinos, caprinos, equinos, ovinos e muares, animais representativos do uso do chocalho e da “paisagem sonora” alentejana e as máquinas agrícolas.

Páginas