10 Maio 2016      16:39

Está aqui

ÉVORA: AS SEMENTES DO PATRIMÓNIO NA ATUALIDADE

Alguns dos maiores vultos artísticos da atualidade foram reunidos na mostra internacional promovida pela Fundação Eugénio de Almeida (FEA), que poderá ser visitada entre 14 de maio e 28 de agosto, no fórum da instituição, em pleno centro histórico de Évora. Bem como no Arquivo e Biblioteca da FEA, no Paço de S. Miguel, nas Termas Romanas e na Igreja do Salvador, que também acolhem peças desta exposição.

"Todo o Património é Poesia", debruça-se sobre os significados e importância do património na contemporaneidade, através de artistas mundialmente consagrados, como é o caso do dissidente chinês, Ai Weiwei, que expõe em Portugal pela primeira vez. E outros nomes como Anri Sala, Clemens Von Wedemeyer, Danh Võ ou Pedro Cabrita Reis. Entre os diferentes usos e interpretações, a FEA convida os eborenses a participar numa reflexão e diálogo abertos e plurais, sobre a essência do Património, para o passado, presente e futuro. 

Imagem © Peter Macdiarmid. O artista chinês Ai Weiwei detém algumas sementes provenientes da sua instalação Unilever 'Sunflower Seeds' no Tate Modern em 11 de outubro de 2010 em Londres, Inglaterra.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.