3 Fevereiro 2020      16:18

Está aqui

Alentejo produz metade da energia fotovoltaica do País

O mais recente relatório da Direção-Geral de Energia e Geologia mostra que o país em 2019 produziu o dobro da energia fotovoltaica do que em 2014 e que cerca de metade da produção nacional está no Alentejo, onde a energia solar já representa 12% de toda a eletricidade consumida na região, como avança hoje o separador de economia do Expresso.

A produção de energia solar fotovoltaica em Portugal tem crescido de ano para ano, à medida que vão nascendo de Norte a Sul do país novas centrais solares de larga escala, à boleia de uma substancial redução no custo dos módulos fotovoltaicos. Os últimos dados da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) mostram que o país gerou no ano passado 1276 gigawatts hora (GWh) de energia fotovoltaica, um pouco mais do dobro dos 627 GWh que tinha produzido em 2014.

A preferência dos novos investimentos pelo Alentejo deve-se à sua exposição solar e sua própria preferência por energia fotovoltaica é indicada pelos dados disponíveis. O Alentejo teve em 2019 uma produção fotovoltaica de 580 GWh. O que equivale a quase 12% de todo o consumo anual de eletricidade da região. Em comparação, a região Norte produziu 149 GWh de energia fotovoltaica em 2019, o que corresponde a sensivelmente 1% do seu consumo anual.

Segundo a mesma fonte, no final do ano passado estavam instalados em Portugal 828 megawatts (MW) de capacidade fotovoltaica. Há cinco anos eram 418 MW.

 

Imagem de capa de bomdia.ch

 

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.