3 Junho 2015      10:54

Está aqui

CITY BRAND RANKING

A consultora Bloom Consulting realizou a segunda edição do estudo "City Brand Ranking". Esta edição 2015 permite já, e nos mesmos parâmetros de avaliação, comparar os resultados da edição do ano anterior e os resultados podem ser surpreendentes.

A nível nacional, Lisboa continua a dominar o panorama, seguida de Porto e Braga, como no ano anterior. No top 10 não há municípios do interior nem do sul e o único que foge à costa continental é o Funchal, 10º classificado.

O estudo tem em conta três áreas de avaliação: negócios, viver e visitar e, através de 26 perguntas, compara indicadores económicos.

No que consta ao sul, Faro lidera o ranking, é 11º nacional, dois lugares à frente de Setúbal, o 13º município. O primeiro alentejano é Évora, em 16º lugar e com uma queda de quatro em relação ao ano passado. Nas capitais de distrito, seguem-se Beja em 37º, Santarém em 42ª e, bem atrás, Portalegre, em 80º lugar.

 

Esta ordenação mantem-se quase inalterada nos negócios: Setúbal assume a cabeça com o 12º lugar (recuperou dois); Faro aparece em 15º (subiu um) e Évora em 21º (perdeu dois); Santarém, 43º, ultrapassa Beja que é 49º; a nível nacional, Portalegre baixa mais três lugares e situa-se no 83º lugar.

Portalegre é também último no turismo, 116º, e neste ranking é Évora que assume a dianteira com o 9º lugar nacional (manteve o lugar de 2014). Faro em 10º lugar (subiu dois), Setúbal em 17º (recuperou sete lugares), Beja e Santarém, por esta ordem, completam a lista.

Quanto a viver, voltamos reordenar as sedes capitais de distrito do sul: Faro é 12º (baixou quatro lugares), Setúbal é 14º (em 2014 era 13º), Évora 22º (menos quatro lugares), Santarém 31º, Beja 38º e, novamente a fechar, Portalegre em 68º.

No estudo, é considerada o distrito de Santarém como Alentejo e no que concerne a esta área geográfica que ocupa sensivelmente um terço do território terrestre nacional, Évora (apesar do recuo de quatro lugares) continua a ser o expoente máximo a sul. É seguida por Beja e Santarém que, nesta edição 2015, ultrapassaram Sines na corrida ao pódio.

Grândola, Portalegre e Estremoz consolidaram a sua presença no top 10 regional sendo que Azambuja, Castro Verde e Nisa foram os municípios que registaram maiores subidas. 

É esta ordenação alentejana dos 10 primeiros: Évora, Beja, Santarém, Sines

Grândola, Portalegre, Elvas, Santiago do Cacém, Odemira e Estremoz. Alvito, que baixou 9 lugares, e Barrancos, que baixou 8, representaram as maiores descidas num ranking de 58 municípios e que encerra com Arronches, Cuba e Mourão.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.