Está aqui

Porto de Sines

Sines é “resposta” para gás russo, diz New York Times

Um artigo recentemente publicado no The New York Times dá destaque ao porto de Sines, afirmando que Portugal “pode ser a resposta para uma Europa cativa do gás russo”.

Segundo o artigo, “juntos, Espanha e Portugal representam um terço da capacidade da Europa de processar gás natural liquefeito (GNL). Espanha tem o maior número de terminais e o maior, embora Portugal tenha o mais estrategicamente localizado”.

Sines não será competitivo com portos espanhóis

Num artigo de opinião publicado no Expresso, Mira Amaral, administrador da Sociedade Portuguesa de Inovação, defende que o Porto de Sines não será competitivo com os portos espanhóis considerando que com o reforço das interligações gasistas entre Espanha e França através da construção do primeiro troço do gasoduto MidCat (Midi-Catalonia Pipeline) será possível a utilização dos seis terminais espanhóis de gás natural liquefeito (GNL) para abastecer em gás natural (GN) a Alemanha tornando mais prático e eficiente para os metaneiros descarregarem em Bilbau e Barcelona.

Porto de Sines sobe três lugares no top 100 mundial

O Porto de Sines registou uma subida de três lugares no Top 100 Mundial, ocupando a 95ª posição do “World Top Container Ports 2022” da revista especializada “Container Management”. De salientar ainda a referência a Sines como um dos portos Europeus a alcançar um crescimento de dois dígitos.

O Terminal de Contentores do Porto de Sines encerrou o ano de 2021 com a melhor marca de sempre, ultrapassando 1.8 milhões de TEU, o que corresponde a um crescimento homólogo de 13%, permitindo subir três posições no ranking internacional.

Sines vai movimentar gases renováveis

O Porto de Sines está a estudar a possibilidade de transformar uma “ponte-cais” multiúsos num terminal para movimentação de gases renováveis, num investimento de cerca de 20 milhões de euros.

Em declarações à agência Lusa, José Luís Cacho, presidente da Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS), adianta que “vamos fazer alguns investimentos para melhorar as condições de um pequeno cais e prepará-lo para, no futuro, fazer a movimentação de gases renováveis e, eventualmente, bancas para abastecimento a navios”.

Sines, vinho e azeite fazem aumentar exportações no Alentejo

As exportações com origem nas quatro NUTS alentejanas passaram de 1,9 para 3,5 mil milhões de euros, entre 2011 e 2021, num aumento de 84%, avançam os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com o jornal Sudoeste Portugal, citando os dados do INE, destes 3,5 mil milhões de euros, o Alentejo Litoral representa uma fatia de 1,4 mil milhões e só o concelho de Sines, de longe o mais exportador da região, representa 1,1 mil milhões, em grande medida devido à atividade do Porto.

Porto de Sines terá “hub” para reexportar gás para a Europa

Portugal vai criar um novo “hub” de reexportação de gás natural liquefeito (GNL) no Porto de Sines, num investimento de 35 milhões de euros, para fazer face à extrema dependência da Europa do gás natural russo.

A informação é avançada pelo Jornal de Negócios e citada pelo jornal ECO. Este projeto está previsto ser desenvolvido ao longo de vários anos e é composto por diferentes etapas, uma das quais é a construção de um novo depósito de gás no terminal da REN, que poderá demorar até dois anos e custar cerca de 30 milhões de euros.

Porto de Sines cresce 9% em carga e continua a liderar portos nacionais

Os portos comerciais do Continente movimentaram 7,2 milhões de toneladas em janeiro, uma redução de 3,7% face ao verificado no mesmo mês do ano anterior, divulgou a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT).

Em termos homólogos, a carga contentorizada foi a que mais contribuiu para a queda global, com uma descida de 8,1% “por efeito mais intenso da diminuição verificada no tráfego de ‘transhipment’ [transbordo] em Sines”, explica a autoridade.

Porto de Sines será “um impulso para o desenvolvimento do Alentejo”

João Maria Grilo, presidente da Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) e da Câmara Municipal de Alandroal, defendeu que o facto de o Porto de Sines poder vir a ser uma uma ponte na distribuição do gás natural “acaba por ser ainda mais um impulso para o desenvolvimento estratégico e económico do Alentejo”.

Porto de Sines acolhe projeto-piloto de produção de macroalgas

Um projeto-piloto de produção de macroalgas em mar aberto está a ser desenvolvido no Porto de Sines, para distribuição e comercialização na indústria farmacêutica, alimentação humana, biocombustíveis e plásticos.

De acordo com a Lusa, o projeto “Solkelp” é promovido pela empresa Arm Of The Ocean, sediada em Lisboa e em Sines, e “está na fase de experimentação”, explicou o respetivo fundador, Manuel Pereira Coutinho.

Porto de Sines regista “melhor ano de sempre” em 2021

O Porto de Sines anunciou que registou “o melhor ano de sempre” na carga contentorizada, ultrapassando a barreira de 1,8 milhões de TEU (unidade equivalente a 20 pés) movimentados em 2021.

Em comunicado citado pela Lusa, a Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS) refere que, apesar das adversidades do contexto pandémico, o Porto de Sines registou “um crescimento homólogo expressivo no conjunto de todos os segmentos de carga”.

Páginas