Está aqui

Força Aérea Portuguesa (FAP)

Ministro espera que drones de vigilância a incêndios voltem ao normal

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, afirmou esta terça-feira no Algarve que espera que os “drones” de vigilância florestal da Força Aérea Portuguesa (FAP) voltem à normalidade “daqui a uns dias”, adianta a agência Lusa.

As declarações surgiram a propósito do anúncio da FAP em suspender as operações com os seus “drones” até à conclusão da investigação à aterragem forçada de um destes aparelhos no passado dia 5 de setembro, no concelho de Alcácer do Sal.

Força Aérea suspende “drones” após acidente no Alentejo

Uma aterragem forçada no Torrão, concelho de Alcácer do Sal, de um “drone” – uma aeronave não tripulada - da Força Aérea Portuguesa (FAP) levou ao anúncio da suspensão das operações com este tipo de aeronaves.

O drone como refere comunicado da FA, estava a operar a partir da Base Aérea N.º 11, em Beja, para uma missão de vigilância aérea na zona sul de Portugal e realizou uma aterragem forçada não colocando em risco população ou habitações.

Beja será a sede de 5 aviões KC-390

João Gomes Cravinho, ministro da Defesa Nacional, anunciou que a Base Aérea N.º 11 de Beja (BA11) será a “sede” dos cinco aviões KC-390 que Portugal acordou comprar à Embraer.

Durante uma visita à BA11, o ministro garantiu que esta “é uma decisão recente por parte da Força Aérea, de alterar a base pensada inicialmente do Montijo – a Base Aérea N.º 6 – para Beja” ser “sede dos KC-390”.

Tropas Aliadas preparam guerra em Vendas Novas

Decorre já o maior exercício anual pelo Exército português, o ORION 19 e que envolve 7 países da NATO, num total de 1300 militares e 180 viaturas.

Os exercícios decorrem desde dia 19 e estender-se-ão até ao final do mês, sendo realizadas operações militares no concelho de Vendas Novas, além de Abrantes e Santa Margarida.

João Cravinho recebe hoje novo Koala AW119 na Base Aérea de Beja

A Base Aérea N.º 11, em Beja, conta hoje com a presença do Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, para receber o novo helicóptero da Força Aérea Portuguesa (FAP), o Koala AW119, que vai substituir os Alouette III.