Está aqui

Escolas

Escolas de Setúbal, Santarém e Beja com falta de professores

As escolas têm, atualmente, 220 horários de professores por preencher, o que significa que há milhares de alunos sem todos os docentes atribuídos, segundo dados da plataforma da Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE).

De acordo com a Lusa, a maioria dos pedidos continuam a chegar de escolas situadas nas zonas de Lisboa, Setúbal, Santarém, Beja e Algarve, refere Arlindo Ferreira, diretor do Agrupamento de Escolas Cego do Maio, na Póvoa de Varzim.

Ponte de Sor recebe competição de microssatélites que cabem em latas

A 8.ª edição do CanSat Portugal já teve início e irá decorrer até dia 5 de setembro, a partir do Aeródromo Municipal de Ponte de Sor. Nos próximos dias, jovens portugueses de todo o país lançam modelos funcionais de microssatélites, cujo sistema base está integrado num volume equivalente ao de uma lata de refrigerante.

Observatório AlenRiscos estuda consumo de substâncias nas escolas alentejanas

A Universidade de Évora encabeça o Observatório AlenRiscos, um projeto “único a nível nacional” que vai estudar o consumo de substâncias psicoativas e comportamentos aditivos no contexto escolar das turmas do 3.º ciclo do ensino básico, de todas as escolas da região do Alentejo.

Escolas alentejanas têm mais alunos que concluem estudos no tempo esperado

É nos primeiros anos de escola, logo no 2.º ano, que os alunos têm maiores dificuldades, de acordo com os dados do Ministério da Educação que revelam que 5% das crianças reprovou no 1.º ano de escolaridade. Contudo, os municípios com uma percentagem perfeita de conclusões no tempo esperado localizam-se no Alentejo, avança a Lusa.

Professores e auxiliares começam a ser vacinados esta semana

O processo de vacinação do pessoal docente e pessoal não docente, dos estabelecimentos públicos e privados, recorrendo à vacina da AstraZeneca, tem início no fim de semana de 27 e 28 de março de 2021, com profissionais da educação pré-escolar, do 1.º ciclo do ensino básico e da “Escola a Tempo Inteiro”.

Instituições e escolas do Alentejo recebem computadores

A Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA) distribuiu 64 computadores por 9 instituições de solidariedade e escolas do Alentejo nos últimos meses, adianta o portal Sul Informação.

Em comunicado, a EDIA refere que os 64 computados foram distribuídos pela CERCI Beja, Associação Carpe Diem, Fundação Manuel Geraldes Sousa e Castro, Centro Infantil da Santa Casa da Misericórdia de Beja, Centro Infantil Bougainvillia, Associação de Pais da Escola Mário Beirão, Escola Secundária D. Manuel I e Cáritas Paroquial de São João Batista.

Crianças de Évora promovem cidadania com jornal escolar

Fernando Moital e a sua Comunidade das Escolas de Santa Clara e Horta das Figueiras em Évora são destaque no Público. O responsável agora quer construir uma “traquitana” para levar o jornal escolar, premiado pelo jornal, a miúdos e graúdos.

Vendas Novas implementa projeto escolar para detetar daltonismo na infância

A Câmara Municipal de Vendas Novas anunciou a implementação de um projeto escolar dedicado à problemática do daltonismo: o ColorADD.

Em comunicado, a autarquia refere que este é um projeto destinado aos alunos do 3.º ano do Agrupamento de Escolas, que abrange este ano letivo e o próximo, num investimento total de mil euros.

Almodôvar quer o encerramento das escolas e a vacinação nos lares do concelho

O presidente da Câmara de Almodôvar, António Bota, defende o encerramento das escolas no concelho devido ao “número de casos de covid-19” que “tem vindo a crescer exponencialmente”.

De acordo com a Renascença, o pedido já foi enviado à Entidade de Saúde Pública distrital, que é quem tem competências para autorizar o fecho total dos estabelecimentos de ensino, em conjunto com a Direção Regional de Educação do Alentejo.

Campo Maior encerra escolas devido a casos de covid-19

A Comissão Municipal de Proteção Civil e o Gabinete de Crise de Campo Maior decidiram encerrar o Centro Escolar Comendador Rui Nabeiro e a Escola Secundária devido a diversos casos de covid-19, adianta a TSF.

Os estabelecimentos escolares em Campo Maior já não abriram hoje, sexta-feira, para os cerca de 1200 alunos de um total de 60 turmas, numa altura em que a vila alentejana regista um total de 174 casos ativos, com especial incidência no Agrupamento de Escolas.

Páginas