Está aqui

Encontro da Canção de Protesto

Canção de Protesto volta a ecoar em Grândola

O município de Grândola vai receber, entre 21 e 23 de junho, nova edição do Encontro da Canção de Protesto, dedicada à canção de protesto em Portugal ante as ditaduras de ontem e a democracia de hoje.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Grândola adianta que o programa do certame inclui exposições, sessões testemunhais, cinema, apresentação de livros e concertos com Marco Oliveira, Xullaji, Luís Varatojo – Luta Livre, SÉS, Francisco Fanhais, Manuel Freire e Rogério Cardoso Pires.

Grândola promove Encontro da Canção de Protesto

A partir de amanhã, sexta-feira (09), e até ao próximo domingo (11), Grândola promove o Encontro da Canção de Protesto, que vai contar com concertos, sessões testemunhais e cinema e vai ter em destaque o papel da música na luta contra as ditaduras no espaço ibero-americano, nota a agência Lusa.

Esta iniciativa, promovida pela Câmara Municipal de Grândola, no âmbito do Observatório da Canção de Protesto, junta músicos, nacionais e internacionais, e diversas figuras do universo da canção de protesto “em três espaços emblemáticos da vila morena”.

Encontro da Canção de Protesto volta a Grândola

A cidade de Grândola vai receber o Encontro da Canção de Protesto (ECP), de 16 a 18 de setembro, este ano dedicado à Canção de Protesto na Ditadura Brasileira e na Era de Bolsonaro, à Canção de Protesto em Portugal no Abraço Europeu e à relação entre Música e Conflito.

Em comunicado, a autarquia explica que o evento começa no dia 16 com a abertura da exposição “Cantigas do Fogo e da Guerra”, produzida pelo Observatório da Canção de Protesto, dedicada à associação entre música e conflito.

Grândola promove Encontro da Canção de Protesto

Uma nova edição do Encontro da Canção de Protesto vai realizar-se de 16 e 18 de setembro em Grândola, no âmbito da atividade do Observatório da Canção de Protesto.

Em comunicado, a autarquia destaca diversas iniciativas previstas, nomeadamente a apresentação da peça de cinema documental da autoria de Pedro Fidalgo designada “N'Effacez Pas Nos Traces ! — Dominique Grange, Une Chanteuse Engagée” (Não Apaguem os Nossos Rastos! — Dominique Grange, Uma Cantora de Protesto).

Grândola promove Encontro da Canção de Protesto em setembro

Grândola vai receber, entre os dias 10 e 12 de setembro, uma nova edição do Encontro da Canção de Protesto, que se realiza no âmbito da atividade do Observatório da Canção de Protesto, revela o município em comunicado.

De acordo com a autarquia, o programa “é dedicado ao hino ‘A Internacional’ e às canções da Comuna de Paris, bem como aos discos de José Afonso, José Mário Branco e Sérgio Godinho gravados em 1971 em Hérouville, no âmbito dos 150 e dos 50 anos que este ano se comemoram, respetivamente, sobre esses acontecimentos”.