Está aqui

Comunicações

Cabo submarino Sines-Brasil foi declarado de Interesse Municipal

Foi declarado Projeto de Relevante Interesse Municipal a amarração em Sines do cabo submarino que fará a primeira ligação direta em fibra ótica entre o Brasil e a Europa.

Este projeto do consórcio EllaLink obteve a aprovação da declaração de Interesse Municipal pela Assembleia Municipal de Sines.

Para a autarquia, esta declaração revela a expectativa existente no concelho de que este projeto possa vir a contribuir “significativamente para a diversificação económica local e se traduza num novo hub nacional / ibérico de âmbito tecnológico e no domínio das telecomunicações”.

Fibra ótica vai chegar a 13 mil casas de Odemira até julho

Até ao final de julho, 13 mil casas do Município de Odemira vão passar a poder usufruir da rede de fibra ótica da Dstelecom.  Apesar do abrandamento sentido em função do período pandémico que atravessamos, 70% das casas estão já disponíveis para aderir ao serviço de banda larga em Boavista dos Pinheiros, Longueira/Almograve, São Salvador, Santa Maria, São Teotóneo (incluindo Zambujeira do Mar) e Vila Nova de Mil Fontes.

Beja debate as Acessibilidades no Alentejo

Será a Biblioteca Municipal de Beja José Saramago a receber, a 28 de junho, pelas 10h00, o Seminário “Acessibilidades no Alentejo – Diagnóstico e desafios com vista ao desenvolvimento de uma mobilidade sustentável”.

Este seminário aborda três grandes áreas: A importância das acessibilidades na perspetiva do desenvolvimento; Portugal 2020 e os novos modelos de gestão da mobilidade e As Grandes Obras: O Aeroporto de Beja, o IP8 e o caminho-de-ferro.

No debate participarão várias entidades políticas e do Ensino Superior, além de vários especialistas na área.

UM PASSO PARA UMA EUROPA MAIS PRÓXIMA

Na passada terça-feira (27 de Outubro) foi aprovado no Parlamento Europeu o fim do roaming nos países-membros da União Europeia!

Esta medida, há muito defendida pela maior parte dos consumidores, vai tornar-se realidade a partir do ano de 2017, permitindo a todos os cidadãos que viajarem dentro da União Europeia a possibilidade de usufruir dos seus planos de telecomunicações (chamadas, sms ou internet) pelo mesmo preço que fariam no seu país de origem.