Está aqui

Alentejo 2020

Alentejo 2020 só executou 49% das verbas e é o programa mais atrasado

O programa Portugal 2020 fechou o mês de julho de 2021 com uma taxa de execução de 64% do seu envelope de 26 mil milhões de fundos comunitários, sendo que o programa regional Alentejo 2020 é o mais atrasado, só executando 49% das verbas deste quadro comunitário que arrancou em 2014.

De acordo com o Expresso, o programa de desenvolvimento rural do continente (PDR 2020) e o programa operacional do capital humano (POCH) são os mais avançados com taxas de execução de 81% e 80%, respetivamente.

Rede de bibliotecas do Baixo Alentejo com catálogo coletivo

A Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) apresentou o catálogo coletivo da Rede Intermunicipal de Bibliotecas do Baixo Alentejo.

Esta iniciativa surge integrado numa candidatura intermunicipal, promovida pela CIMBAL ao programa europeu Alentejo 2020, e este portal reúne agora os fundos documentais das bibliotecas municipais do Baixo Alentejo. Ao todo, são mais de 300 000 títulos e 500 000 exemplares, possibilitando ao utilizador conhecer e requisitar exemplares de outras bibliotecas da rede.

Alentejo 2020 aprova mais de 16 milhões de euros em projetos de emprego

O programa Alentejo 2020 já aprovou “mais de 16 milhões de euros” para projetos de apoio à criação de emprego na região, no âmbito do Programa +CO3SO Emprego, e decidiu 60% das candidaturas, avança a Lusa.

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo revelou que “serão criados 332 postos de trabalho” associados a estes projetos de investimento, aprovados pelos programas operacional regional, acrescentando que o Programa +CO3SO Emprego contempla apoio financeiro destinado a apoiar a criação de emprego por todo o país.

Mais de 8 milhões de euros para a criação de emprego no Alentejo

Já foram aprovados pelo programa operacional Alentejo 2020 mais de 8,2M€ para apoio à criação de emprego no âmbito da medida + COESO.

Após deliberações tomadas sobre mais de 300 candidaturas apresentadas, o apoio irá significar mais 150 postos de trabalho no  Alentejo.

Alentejo 2020 já investiu 140 milhões em Saúde e Equipamentos Sociais

O programa operacional Alentejo 2020 propôs um novo reforço de 14,9 milhões de euros para aquela que considera uma prioridade no investimento: a Saúde e os Equipamentos Sociais.

Entre abril e agosto foram reforçados em 22,7 milhões de euros os apoios/aprovações, concedidos no âmbito da COVID-19, nas áreas da Saúde e Equipamentos Sociais, de modo a possibilitar o seu ajustamento à nova realidade, através de aquisição de novo equipamento e/ou obras de adaptação dos espaços em ambiente hospitalar: + 9,9M€, como indica documento enviado à redação.

3 milhões de euros para contratar mais "cérebros" para a Universidade de Évora

Foi assinado, esta semana, entre a Autoridade de Gestão do Alentejo 2020 (ALENTEJO 2020) e a Universidade de Évora (UÉ) os Termos de Aceitação no âmbito da Contratação de Recursos Humanos Altamente Qualificados e que envolve um financiamento global de quase 3 milhões de euros.

Primeira aprovação de 40 milhões para o Hospital Central do Alentejo

A Comissão Diretiva do ALENTEJO 2020 acaba de tomar a 1ª deliberação referente à aprovação da candidatura da Construção do Hospital Central do Alentejo - Consultas Externas, no montante de 40 milhões de euros (FEDER).

Vidigueira vê aprovados projetos de 643 mil euros pelo Alentejo 2020

A Câmara Municipal de Vidigueira recebeu a aprovação pelo Alentejo 2020 a três candidaturas a fundos comunitários, na área da mobilidade, promoção turística e educação.

Mais 11M/€ para apoio a Unidades de cuidados continuados e equipamentos sociais

O programa operacional ALENTEJO 2020 reforçou em 11 milhões de euros, apoio FEDER-IPSS, as Unidades de cuidados continuados e equipamentos sociais.

A Comissão Diretiva do ALENTEJO 2020, contribuindo para a Política de Coesão e, com vista a diminuir e mitigar os impactos a nível económico e social da pandemia SARS-COV-2, em especial, junto das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), deliberou, por unanimidade, retirar o limite máximo de apoio não reembolsável (FEDER) e reforçou o total de fundos em 11 milhões de euros.

 

Imagem de clickhelp.com.br

Alentejo 2020 reforça em 11 milhões de euros apoios às IPSS alentejanas

O ALENTEJO2020 acaba de reforçar em 11 milhões de euros o apoio FEDER-IPSS para Unidades de Cuidados Continuados e Equipamentos Sociais.

A Comissão Diretiva do ALENTEJO 2020 procura com a medida "diminuir e mitigar os impactos a nível económico e social da pandemia SARS-COV-2, junto das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS)", enquanto entidades beneficiárias, tendo deliberado retirar o limite máximo de apoio não reembolsável (FEDER) por tipologia de intervenção das operações aprovadas no âmbito dos aviso de concurso: ALT20-42-2018-11 e ALT20-42-2019-17.

Páginas