Está aqui

Teatro

FITA, O FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO QUE GANHOU O ALENTEJO

Em 2014 a companhia de teatro Lendias d’Encantar de Beja levou a cabo a primeira edição do FITA - Festival Internacional de Teatro do Alentejo. Marcaram então presença cerca de meia centena de artistas portugueses, uruguaios, colombianos, espanhóis, brasileiros e cubanos em trinta espetáculos de teatro e de música em Beja e Évora.

DELTA CAFÉS E SAGRES LANÇAM PRIMEIRA COMÉDIA MUSICAL PORTUGUESA PARA TURISTAS

Com o sugestivo nome de "The Portuguese - a Musical Comedy", apresenta-se a primeira comédia musical portuguesa em inglês dirigida aos milhares de turistas estrangeiros que visitam o país, e que tem estreia marcada para dia 13 de janeiro, às 18h30, no Auditório dos Oceanos, no Casino Lisboa.

EMPATIA E ESPERANÇA NA HUMANIDADE SOBEM AO PALCO EM VIANA

Sobe ao palco do Cine-Teatro Vianense, em Viana do Alentejo, a peça “Escória”, da Companhia de Teatro Baal 17 e com encenação e dramaturgia de Filipe Seixas.

A peça – que integra o Programa Alentejo em Cena – conta com interpretações de Ana Bárbara Soares, Joana Saraiva e Marisela Terra e fala de respeito, empatia e esperança numa Humanidade. Conta a história de dois seres de humanidade duvidosa que transportam consigo tudo o que precisam para sobreviver; uma relação equilibrada, mas desigual, onde um manda e o outro obedece até…

BONECOS DE SANTO ALEIXO DIARIAMENTE NA BIBLIOTECA PÚBLICA DE ÉVORA

São originários de uma aldeia do Alto Alentejo, nasceram em meados do século XIX, correm habitualmente o mundo mas a sua casa é em Évora, ao cuidado do Centro Dramático de Évora (CENDREV), responsável pela conservação e animação. Falamos dos Bonecos de Santo Aleixo, marionetas de varão, manipuladas por cima e cujo tamanho varia entre os vinte e os quarenta centímetros.

ALENTEJO VAI TER CALENDÁRIO ANUAL DE EVENTOS

O “365 Alentejo-Ribatejo”, é um programa que visa a construção e promoção de um calendário anual de eventos da região, organizados pelas autarquias ou pelos agentes e empresas culturais e turísticas que operam nos 58 municípios do território e destina-se a iniciativas de caráter cultural, desportivo, natureza e ou aventura e com relevância para os mercados português e estrangeiro, para além de privilegiar a aposta na identidade e no património cultural e natural e a promoção de consumos e práticas amigas do ambiente.

PAI NATAL E DUENDES CHEGAM MAIS CEDO A REGUENGOS DE MONSARAZ

O mais importante no natal são as crianças. E quando não são, é porque alguma coisa está errada. E a pensar nisso o município de Reguengos de Monsaraz, no Alentejo Central, preparou um programa de natal inteiramente dedicado às crianças, que vão receber mais cedo a figura mais popular nesta altura do ano, o Pai Natal, que chega àquela cidade alentejana no dia 1 de dezembro e só "abala" a 25. O cortejo do Pai Natal, acompanhado pelos duendes, arranca às 15h00 e vai passar por várias ruas do centro da cidade até à sua casa "de férias" na Praça da Liberdade.

PALHAÇAS DE TODO O MUNDO NO ALTO ALENTEJO

O Bolina - Festival Internacional de Palhaças, na sua segunda edição, conta este ano com cerca de 40 artistas, de 10 países e tem a particularidade de ser apenas com palhaças, o que não é discriminação mas apenas uma particularidade, até porque as palhaças não são tão conhecidas como os palhaços.
 

BEJA: “1 ACTOR 1 MÚSICO” E O IMPROVISO SOBE PALCO

O Ciclo “1 Actor 1 Músico” está de regresso a Beja, entre 1 e 4 de novembro.

Pela mão da Lendias d'Encantar, a Casa da Cultura de Beja vai assistir – sempre às 21h30 - ao improviso em palco e a cruzamentos entre o teatro, a poesia e a música.

A ideia, aquando da criação deste ciclo, era o mostrar uma forma diferente de teatro, mais livre, sem a “prisão” do texto, com a música ao vivo e o improviso da criatividade e das emoções.

GUERREIRO FUNDADOR DE MARVÃO RETRATADO EM MONUMENTO DE CUTILEIRO

O célebre escultor eborense João Cutileiro executou um monumento de homenagem ao guerreiro Ibn Marúan, fundador da vila histórica de Marvão, no Alto Alentejo.
 

MÉRTOLA HOMENAGEIA A BELA E IRREVERENTE MERCEDES BLASCO

Mercedes Blasco foi um dos vários pseudónimos da célebre actriz, divette de opereta e revista Conceição Vitória Marques, nascida em 1870 (embora haja registos que refiram o ano de 1867), em S. Domingos, Mértola.

Que agora é homenageada passados que são 150 anos do seu nascimento, com a atribuição do seu nome a uma rua na Mina de S. Domingos, hoje, às 17h30. Para além desta homenagem, o município reeditou ainda a sua obra "Vagabunda" e prepara ainda uma exposição e uma fotobiografia.

Páginas