23 Dezembro 2019      15:03

Está aqui

Jornal espanhol sugere os três melhores museus alentejanos aos turistas "nuestros hermanos"

O artigo surge no cronicaeconomica.com e defende que viajar para o Alentejo é "descobrir uma das regiões mais bonitas de Portugal", sublinhando a natureza, o turismo rural e gastronomia como os pontos fortes do turismo no Alentejo. Mas revela que o turismo cultural é igualmente valioso no nosso território, elencando os três melhores museus de toda a região, dois no Alto Alentejo e um no Baixo Alentejo.

A peça coloca no topo o Museu de Arte Contemporânea de Elvas, como sendo um dos mais importantes do território na promoção da arte contemporânea portuguesa, sendo o único em todo o país dedicado exclusivamente a esta tarefa, com algumas coleções permanentes como a de António Cachola, outros itinerantes como Serralves, Culturgest, Berardo, MEIAC e até algumas exposições individuais de renomados artistas portugueses. Não perca este museu se você quiser compreender como é 100% a arte portuguesa, desafia o artigo.

Para os mais modernos, o Quetzal Art Center (https://www.quintadoquetzal.com/en/art/) é obrigatório numa viagem pelo Alentejo, defendem. 

Localizado em Vidigueria, Beja, este espaço de exposição de 450m² tenta transmitir arte contemporânea de uma maneira incomum, tentando alcançar o público especializado e o público em geral. Como base para as atividades artísticas de Quetzal é a coleção de arte privada de Bruin-Heijn e a ela se juntam exposições de artistas internacionais emergentes e reconhecidos.

Por fim o terceiro e último museu desta lista é dedicado a uma técnica muito visual que não deixa ninguém indiferente: arte em tapeçarias. Essa prática é de complexidade absoluta e, portanto, a disciplina é muito apreciada. Na Manufactura de Tapeçarias de Portalegre parte-se de uma pintura original e por meio de um trabalho totalmente manual, a técnica de Portalegre, permite uma alta definição em pequenos detalhes e a criação de formas muito precisas, além de características estruturais únicas. 

Cabe ressalvar que as tapeçarias de Portalegre são séries limitadas de 1, 4 ou 8 tapeçarias baseadas no mesmo original, numeradas e assinadas à mão pelo artista.

Três museus diferentes para todos os públicos, obrigatórios para quem quer conhecer o Alentejo, defendem.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.