Está aqui

Percursos Pedestres

Gavião investe 472 mil euros em centro interpretativo e de BTT

Uma antiga escola primária de uma freguesia rural do concelho de Gavião, em Portalegre, vai ser transformada num centro interpretativo dos percursos pedestres e num centro de BTT.

De acordo com a Lusa, a obra na antiga escola primária de Degracia é apoiada em 300 mil euros pelo Programa Valorizar do Turismo de Portugal, representando um investimento total de 472 mil euros.

Torrão inaugura rede de percursos pedestres e cicláveis

A freguesia de Torrão, no concelho de Alcácer do Sal, vai inaugurar, este sábado, uma rede de percursos pedestres e cicláveis, num total de 32 quilómetros, de forma a valorizar o património natural e histórico daquele território.

Hélder Montinho, presidente da Junta de Freguesia de Torrão, explicou à Lusa que esta rede, composta por “sete percursos”, visa “valorizar o território” local, “dando a conhecer não só o montado, como o património histórico e o que se produz na região”.

Rota do Guadiana regista 55 mil passagens em 2021

Um número superior a 55 milhares de passagens foi registado em 2021 na Grande Rota do Guadiana, percurso pedestre para promover o turismo de natureza criado pela Odiana, Associação de Desenvolvimento do Baixo Guadiana.

Note-se que a Grande Rota do Guadiana (GR15) prolonga-se por 165 quilómetros, atravessando áreas de Vila Real de Santo António, Castro Marim e Alcoutim, entre o litoral e a serra, num total de 17 localidades, no distrito de Faro, estendendo-se até ao concelho de Mértola, no distrito de Beja.

Grândola inicia requalificação de percursos pedestres do concelho

Os trabalhos para a empreitada de “Requalificação e criação de percursos pedestres e respetivas áreas de descanso” do concelho de Grândola já tiveram início, num investimento de mais de 113 mil euros.

Em comunicado, a autarquia de Grândola explica que esta intervenção está inserida na candidatura “Valorização do Património Natural – Percursos Pedestres”, aprovada no quadro de fundos europeus Portugal 2020.

Alto Alentejo quer certificação de turismo sustentável em percursos pedestres

A CIMAA — Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo apresentou o seu projeto “Alentejo Feel Nature”, uma rede de percursos pedestres que engloba mais de 500 quilómetros e cruza os 15 municípios do Alto Alentejo, que quer submeter à certificação Biosphere de turismo sustentável.

Festival dá a conhecer Alentejo em 50 percursos pedestres

A primeira edição do TransAlentejo Walking Festival, que está a decorrer até ao dia 28 deste mês de novembro, visa promover os 50 percursos pedestres da Rede TransAlentejo que, “de forma estruturada, atravessam o destino Alentejo”.

Esta é uma iniciativa da Entidade Regional de Turismo (ERT) do Alentejo e Ribatejo, com o apoio do Turismo de Portugal e de várias entidades e municípios, sendo dinamizada e coordenada por uma empresa de animação turística.

Beja requalifica percursos pedestres da Rota do Pão

A Câmara Municipal de Beja anunciou a conclusão dos trabalhos de requalificação da Rota do Pão, um dos seis percursos pedestres do concelho que estão homologados pela Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

Grândola vai renovar 180 km de rede de percursos pedestres

Uma candidatura da Câmara Municipal de Grândola ao quadro de fundos europeus Portugal 2020 foi aprovada e “vai permitir ao município a valorização do produto Turismo de Natureza no território através da qualificação e alargamento da rede de percursos pedestres”, adianta a autarquia.

Este projeto representa um investimento de mais de 245 mil euros e tem comparticipação assegurada de 75% via Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional – FEDER.

“O SILÊNCIO DOS ANIMAIS” NA HERDADE DA CONTENDA

“O silêncio dos animais” é o nome de mais um percurso pedestre na Herdade da Contenda (Moura) e que integra o projeto “Calcorreando a Contenda” e que é promovido pela empresa municipal Herdade da Contenda, pela Comoiprel, pela Escola Nacional de Caça, Pesca e Biodiversidade e pela Câmara Municipal de Moura.

O objetivo é dar a conhecer a todos a Herdade da Contenda e todo o envolvimento com os animais e a natureza que a mesma representa.

ROTA VICENTINA CONQUISTOU CERTIFICAÇÃO EUROPEIA

A rede de percursos pedestres Rota Vicentina já é certificada “Leading Quality Trails – Best of Europe”, atribuída pela ERA (European Ramblers Association), a entidade máxima a nível europeu na organização do sector dos percursos pedestres.

Pode mesmo falar-se em conquista já que se trata de uma certificação muito exigente porque avalia não só a qualidade do percurso, como a paisagem, os serviços turísticos associados, a informação disponível, a sinalética e até a qualidade do piso.

Páginas