Está aqui

Litoral Alentejano

Turismo do Alentejo prepara plano estratégico para o litoral

A Entidade Regional de Turismo (ERT) do Alentejo e Ribatejo vai apresentar ao Governo um plano estratégico para o litoral alentejano, identificando “os desafios, riscos e oportunidades” do setor turístico neste território.

Em declarações à Lusa, José Manuel Santos, presidente da ERT, afirmou que este “documento orientador” permitirá definir “as principais respostas” do setor turístico no litoral alentejano, que “experimenta, neste momento, um desenvolvimento notável, mas que tem alguns desafios, riscos e oportunidades”.

Governo quer mais habitação para médicos no litoral alentejano

O Governo vai criar uma estratégia para procurar resolver o problema da falta de habitação para médicos e enfermeiros no litoral alentejano, visando aumentar a capacidade de atração e fixação destes profissionais de saúde.

Segundo a agência Lusa, a medida publicada em Diário da República determina que cabe à Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), sediada em Santiago do Cacém, definir uma Estratégia de Suporte Habitacional para os seus profissionais.

Litoral Alentejano quer travessia do Sado no passe Navegante

Os presidentes das Câmaras Municipais de Setúbal, Alcácer do Sal e Grândola defenderam que os transportes fluviais entre Setúbal e Troia deveriam ser assegurados por uma empresa pública e associados ao passe Navegante.

Em declarações à agência Lusa, após uma conferência de imprensa, André Martins, autarca de Setúbal, disse que “é necessário pôr termo a esta barreira que hoje nós encontramos na travessia do rio Sado”.

Produção de arroz no Litoral Alentejano deverá aumentar

A produção de arroz nos concelhos de Alcácer do Sal e Santiago do Cacém este ano deverá ser superior à do ano passado, apesar da falta de água que se verifica nas barragens.

Em declarações à agência Lusa, João Reis Mendes, do Agrupamento de Produtores de Arroz do Vale do Sado (Aparroz), afirma que “a produção do ano passado foi péssima porque o verão de 2022 foi muito irregular, com temperaturas muito irregulares. Este ano temos expectativas melhores. Não tenho dúvidas de que a produção deste ano será maior e melhor”.

Nadadores-salvadores recrutados para litoral alentejano

A época balnear abriu este fim de semana no concelho de Grândola, e foi agora montado um dispositivo composto por cerca de 50 nadadores-salvadores, alguns deles de nacionalidade estrangeira, para garantir a vigilância das praias do litoral alentejano.

Em declarações à Lusa, o comandante da capitania do Porto de Sines, Luís Filipe Duarte, afirmou que “a época balnear arrancou no sábado nas praias do concelho de Grândola. Seguem-se Odemira, no dia 15, e os concelhos de Santiago do Cacém e Sines, no dia 17” deste mês.

Investimento de 1,5M€ para reforçar água potável em Sines

A Águas de Santo André (AdSA) vai investir 1,5 milhões de euros no reforço do abastecimento de água potável à Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS), avança a agência Lusa.

A empresa divulgou, em comunicado, que foi lançado o concurso público internacional para a execução da empreitada, que prevê a “substituição parcial de uma das condutas existentes e a implantação de novas condutas junto aos atuais traçados, numa extensão total de cerca de 4,5 quilómetros”.

Volta ao Alentejo em bicicleta volta a incluir Elvas após 17 anos

A 39.ª edição da Volta ao Alentejo em bicicleta vai regressar à região, entre 16 e 20 de março, “data em que tradicionalmente é realizada, coincidindo com o início da estação florida”, avança a organização.

A mesma fonte refere ainda que a partida se faz de Vendas Novas, no dia 16, com chegada a Évora no dia 20, num percurso de 724 quilómetros. A organização anuncia também a inclusão de Elvas no percurso, destacando que “há 17 anos que a cidade fortificada não fazia parte do itinerário da prova”.

Água do Alqueva chega pela primeira vez ao Litoral Alentejano

A água do Alqueva, pela primeira vez, chegou ao Litoral Alentejano, mais precisamente às albufeiras de Morgavel, no concelho de Sines, e de Fonte de Serne, em Santiago do Cacém.

Segundo a Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA), citada pelo Correio Alentejo, a água proveniente de Alqueva “teve que percorrer um total de cerca de 170 kms de canais, tuneis e condutas, passando, pelo caminho, pelas barragens dos Álamos, Loureiro, Alvito, Pisão e Roxo”, de forma a “garantir este reforço de armazenamento”.

Sociedade investiu 31,7M€ no “património” do litoral alentejano

A Polis Litoral Sudoeste investiu perto de 31,7 milhões de euros, entre 2009 e 2021, para “valorizar o património” do litoral alentejano e da costa vicentina, disse o presidente da comissão liquidatária da sociedade.

Em declarações à Lusa, André Matoso, presidente da comissão liquidatária da Polis Litoral Sudoeste, disse que “a operação de requalificação e valorização levada a cabo traduziu-se num território mais qualificado, com renovadas condições de fruição e utilização mais seguras”.

Litoral Alentejano EDP apoia 17 ideias para gerar emprego

Um programa de empreendedorismo da EDP vai apoiar 17 ideias para gerar emprego no litoral alentejano e que, no total, podem gerar 40 empregos diretos nos concelhos de Sines e Santiago do Cacém.

Com o nome “Nau”, este programa de empreendedorismo visa a dinamização da criação de emprego e novas empresas em Sines e Santiago do Cacém.

Páginas