Está aqui

Extinção

Alentejo: culturas intensivas levam à extinção de plantas

Em Portugal, são já 24 as plantas nativas que já se extinguiram e corre-se o risco de cerca de mais 4 centenas seguirem o mesmo caminho, segundo a Sociedade Portuguesa de Botânica.

Há flores, árvores, fetos ou arbustos em extinção, uma delas a Onosma tricrosperma e que só existe num local específico na região de Beja – existia mais um local, mas que foi destruído para a instalação de um pomar.

ALENTEJO SALVA LINCE IBÉRICO DA EXTINÇÃO

Foi confirmada a existência da primeira ninhada de lince-ibérico no Parque Natural do Vale do Guadiana. As câmaras conseguiram captar a imagem de uma cria de cerca de 45 dias acompanhada da sua progenitora, Jacarandá, a primeira fêmea solta em Portugal no dia 16 de Dezembro de 2014. A cria e mãe foram identificadas através dos procedimentos de monitorização instalados na Herdade das Romeiras.