Está aqui

Democracia

O nosso modelo de sociedade está a ser posto em causa

O nosso modelo de sociedade tem como base as ideias de John Locke. Este modelo defendia a liberdade intelectual e a tolerância. Locke foi o precursor de muitas ideias liberais, que só floresceram durante o iluminismo francês no século XVII.

Quem tem medo da democracia?

No início do novo ano, aparentemente, terão tocado as sirenes para alguns. O espectro das eleições antecipadas tem gerado muita discussão, com o bicho papão da fragmentação do parlamento a assumir-se, perante os assustados que pululam no vasto universo de comentário televisivo, como um risco para o sistema democrático e para a impossibilidade de criação de um governo estável.

Vendas Novas desafia alunos a serem o próximo “Presidente Jovem”

A Câmara Municipal de Vendas Novas lançou o desafio aos estudantes do 3.º ciclo e secundário para, até ao próximo dia 13 de novembro, apresentarem a sua candidatura a “Presidente Jovem”.

Em comunicado, a autarquia explica que o objetivo da iniciativa é “estimular o espírito de iniciativa e dar voz aos jovens na defesa dos seus interesses, ainda que de forma simbólica, mas cumprindo os ideais democráticos e de livre expressão”.

Mértola lembra 1.º autarca eleito democraticamente

O município de Mértola vai recordar e homenagear Serrão Martins, o primeiro presidente de câmara eleito democraticamente em Mértola.

Em comunicado, a autarquia explica que Serrão Martins é uma “figura incontornável da história contemporânea de Mértola”, uma “pessoa de cultura, de ação política e cívica”. Assim, a iniciativa “Lembrar Serrão Martins 2023” engloba um conjunto de atividades de cariz cultural, que irão decorrer na cidade de 18 a 23 de março.

Projeto no Alentejo quer jovens mais ativos na democracia

A Associação European Network of Places of Peace (ENPP), com sede em Evoramonte, encontra-se a desenvolver um projeto de mobilidade de jovens que vai ser apresentado hoje, terça-feira, pelas 17:00, na Universidade de Évora.

De acordo com a Lusa, o projeto “YouthVoices4Peace” destina-se a jovens portugueses, entre os 18 e os 25 anos, dos concelhos de Estremoz, Évora e Viana do Alentejo, e tem como objetivo promover a sua participação na vida democrática, dos valores transculturais europeus e de uma cultura de paz.

Barrancos perde primeiro autarca eleito em democracia

Carlos Caçador Durão, o primeiro presidente da Câmara Municipal de Barrancos eleito em democracia, morreu na passada quinta-feira, aos 89 anos, revelou à agência Lusa o atual autarca do município, Leonel Rodrigues.

Segundo a mesma fonte, autarquia de Barrancos decretou três dias de luto municipal, até sábado, com a bandeira do município a meia haste.

Em declarações à Lusa, Leonel Rodrigues disse que o funeral do antigo autarca se realiza hoje, sexta-feira, às 10:00, para o cemitério da vila.

Individualismo ou Liberalismo?

Com a queda da União Soviética em 1991 e consequente derrube dos regimes Comunistas do Leste Europeu, julgou-se que seria o triunfo das democracias liberais, e que o capitalismo fosse sinónimo de Democracia. A par das crescentes desigualdades socioeconómicas a sociedade ocidental tornou-se cada vez mais individualista e focada no objetivo único e sagaz de gerar riqueza.

Democracia e ciência

Por Luís Monteiro (Médico)

A história da ciência é complexa e os caminhos de alguns cientistas cruzaram-se com momentos negros da nossa memória colectiva.

Não obstante, a verdadeira ciência precisa duma sociedade aberta para florescer.

O método científico necessita de liberdade para verificar a veracidade das hipóteses colocadas. Os cientistas têm um pensamento céptico que, de forma estruturada, tenta detectar erros, por exemplo, replicando experiências.

Para os investigadores não existem, portanto, dogmas ou personalidades acima de críticas.

H. H. - O observador observado

por Giuseppe Steffenino

Harald Hauswald muda-se da periferia de Dresden para Berlim Oriental no final dos anos 70. Tem 24 anos, é apaixonado pela fotografia e fez alguns cursos de formação e ganha a vida fazendo biscates.

Cidadania ativa e plena: um apelo ao voto dos jovens

Apelar ao voto jovem e à consciencialização da juventude para uma cidadania ativa e plena, capaz de robustecer a democracia. Este é o entender do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), da Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ) e da Associação Nacional de Assembleias Municipais (ANAM) que, juntos, lançaram esta semana a Campanha Nacional «Vive a Democracia».

Páginas