Está aqui

Administração dos Portos de Sines e do Algarve

Porto de Sines fecha 2020 com crescimento de 10% em carga contentorizada

José Luís Cacho, presidente do porto de Sines, revela que o porto alentejano vai fechar o exercício do ano presente com um acréscimo de 10% na carga contentorizada face aos números verificados em 2019, avança o Jornal Económico.

O presidente da APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve assegura ainda que o porto alentejano vai recuperar em relação ao ano passado, em que registou um total de cerca de 1,4 milhões de TEU (medida padrão equivalente a contentores com 20 pés de comprimento), o que representou uma quebra de 18,7% face a 2018.

Novos investimentos em Sines vão permitir atracação simultânea de quatro porta-contentores

O Governo aprovou ontem, em reunião do Conselho de Ministros, os diplomas que estabelecem as bases da concessão do novo Terminal Vasco da Gama e a ampliação do atual Terminal XXI do Porto de Sines.

O Terminal XXI, o único terminal de contentores atualmente existente no Porto de Sines, neste momento, segundo um comunicado do governo, já opera acima da capacidade teórica e por essa razão não tem sido possível captar novas linhas, que manifestaram interesse, mas face à falta de capacidade divergiram para outros portos internacionais.

DERRAME DE FUEL OIL EM SINES

A notícia é avançada pelo DN e refere que a Polícia Marítima já está a investigar o derrame de "algumas toneladas" de combustível para barcos no Porto de Sines, que foram já contidas e estão a ser recolhidas das águas.

O derrame ocorreu ontem, domingo, e segundo a Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS)  "ao ser detetada a ocorrência, foram colocados em ação todos os meios especializados disponíveis e o produto já foi contido e está a ser recolhido".