Está aqui

Feiras

Sabe o que é uma Silarca? Beja dedica-lhe um Festival

A Silarca, cilarca, tortulho ou silerca, é um cogumelo comestível que existe a sul do tejo, em Espanha e Portugal e que vive em simbiose com o sobreiro e com a azinheira. E integra tanto a gastronomia alentejana que Beja tem um festival que lhe é inteiramente dedicado, o Silarca Festival do Cogumelo 2019, na freguesia de Cabeça Gorda, e que vai para a sua 6.ª edição, tem data marcada para 8, 9 e 10 de março.

Há um Entrudo único no Alentejo que ainda muitos desconhecem

Há tradições remotas que persistem tanto tempo que vamos esquecendo o que esteve na sua origem.

Um exemplo é o Carnaval ou o mais ancestral Entrudo, uma tradição hoje estranha à religião mas que surgiu pela religião, enquanto celebração popular e que acontecia nos três primeiro dias antes da Quaresma.

Não há migas como em Mora

Acompanhadas com carne ou de porco frita, usualmente toucinho, entrecosto ou ambos, por vezes de figos ou uvas, as migas são um dos pratos mais emblemáticos do Alentejo, eventualmente criadas por pastores e que podem ser de pão, de batata, espargos ou coentros. E agora é tempo delas, particularmente em Mora, que lhe dedica um mês inteiro, em jeito de festival e para atrair à vila alentejana sobretudo "forasteiros", como refere amistosamente a autarquia, que as dinamiza.

Vinhos alentejanos vão ser promovidos por terras de "Cowboys"

Houston e Dallas, nos Estados Unidos da América, foram as cidades texanas escolhidas para uma ação de promoção dos vinhos do Alentejo, da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA). A ação decorre nos dias 6 e 7 de fevereiro por terra do Tio Sam, o terceiro mercado de exportação dos vinhos alentejanos.
 
Vai caber ao ‘Master Sommelier’ Evan Goldstein a apresentação da região alentejana e os seus vinhos a um grupo escolhido de jornalistas e profissionais dos vinhos, nos EUA.

Elvas e Campo Maior na mais importante feira internacional de turismo da Península Ibérica

Campo Maior e Elvas participam na feira internacional de turismo da península ibérica, a FITUR em Madrid, fazendo-se hoje representar pelos autarcas Ricardo Pinheiro e Nuno Mocinha, que se juntam ao Alcaide Francisco Fragoso, em representação da EUROCIDADE – Badajoz, Elvas, Campo Maior.

Mértola já tem data para o Festival Islâmico

O Festival Islâmico de Mértola, o festival cultural mais aguardado do país prepara-se para celebrar mais de 7 séculos de influência islâmica, inundando Mértola de cores, cheiros e sabores que povoavam há séculos o seu quotidiano. A magia do 10.º Festival Islâmico regressa às ruas do Centro Histórico entre 16 e 19 de maio, onde a herança islâmica da Vila-Museu mistura-se com mercadores e artesãos vindos da bacia do Mediterrâneo, numa celebração cultural única.

Feira Ibérica da Infância e Juventude aqui ao lado, em Badajoz

Há 28 anos que acontece anualmente e por esta altura uma feira inteiramente dedicada à infância e à juventude. Falamos XXVIII edição da Iberocio, Feira Ibérica da Infância e Juventude da Extremadura, está de portas abertas até domingo 30, em Badajoz, para que as crianças e jovens desfrutem de cinco dias de lazer, diversão e entretenimento.

Presépio ao vivo voltou a encher praça de Elvas

Apesar do frio, o dia de sol ajudou logo pela manhã de sábado, 22 de dezembro, no arranque do desfile etnográfico pelas ruas da cidade de Elvas, onde também foi montada uma feira da época e por onde desfilaram várias encenações de passagens bíblicas relacionadas com o nascimento de Jesus.

Destas festividades, organizadas em conjunto pelo município e pelo Agrupamento 158 (de Elvas) do Corpo Nacional de Escutas, a maior expectativa estava com a recriação da cena bíblica do nascimento de Jesus, que encheu a Praça da República daquela cidade raiana.

Ourique: é um porco diferente o porco alentejano

O que há de melhor no Baixo Alentejo está à vista na Feira do Porco Alentejano em Ourique. O certame para 2019 já tem data marcada, decorrendo entre 22 e 24 de março e é já um marco da preservação e valorização do porco alentejano e é também um polo de cultura, animação e gastronomia.

Agricultura, pecuária, gastronomia, cultura e animação são marcas desta feira que homenageia um dos produtos endógenos alentejanos: o porco. E é um porco diferente o porco alentejano.

Páginas