Está aqui

Artigos publicados

TRABALHAR PARA CONSEGUIR ARRENDAR

Esteve esta semana em discussão a revisão do regime do alojamento local. Fala-se na necessidade de ouvir os outros condóminos, de dar mais espaço aos proprietários de habitações em zonas históricas, entre outras alterações.

Não menosprezando a importância da discussão deste tema, creio que, no que ao arrendamento habitacional diz respeito, a urgência é maior, face às dificuldades que os inquilinos atravessam e os futuros inquilinos se preparam para atravessar.

UMA NOVA FORMA DE TERRORISMO

Há cerca de uma semana e meia que o Mundo anda a meio gás devido a um ataque informático à escala global.

Do que se tem ouvido, os “piratas” informáticos invadem os computadores de empresas e particulares, bloqueiam os mesmos e exigem quantias monetárias para que façam o sistema voltar à normalidade.

Em consequência deste ataque, várias empresas suspenderam ou reduziram os seus serviços. Em Portugal, alguns servidores de e-mail de ministérios ficaram com algumas falhas, impedindo assim as comunicações de e para esses serviços.

A VITÓRIA DA SIMPLICIDADE

Com um palco vazio, algumas imagens, simples, de fundo e a sua voz em conjunto com o fantástico arranjo musical, Salvador Sobral conquistou a Eurovisão e trouxe o primeiro lugar no festival.

Embora hoje todos o felicitem, muitos o criticaram, pela forma de vestir, pelos trejeitos a cantar, pela falta de “festivalidade” da música, enfim, diria mesmo que para muitos, só por ser português tinha milhões de defeitos.

INDEPENDÊNCIA?

Esta semana assistimos a uma enorme reviravolta, já esperada para alguns, na corrida às autárquicas do Porto.

Rui Moreira não gostou de ouvir Ana Catarina Mendes afirmar que uma vitória daquele seria igualmente uma vitória do PS, tendo prescindindo do apoio do Partido.

Nessa sequência, Manuel Pizarro, actual vice-presidente da Câmara Municipal do Porto, apresentou a sua candidatura pelo PS, com o Partido unido em seu redor.

PERIGOS EM REDE

Desde o seu aparecimento, as redes sociais têm desencadeado o desenvolvimento de vários fenómenos, uns mais positivos que outros.

Se contribuíram para a divulgação de projectos e para o crescimento de negócios online, é também certo que contribuíram para o fenómeno da opinião fácil e da propagação de ideias negativas.

PRESIDENCIAIS FRANCESAS

No rescaldo das presidenciais francesas, temos Le Pen e Macron a passar à segunda volta, com este último a conquistar o apoio de quase todos os candidatos derrotados, à excepção de Mélenchon que, por ora, não revelou o seu sentido de voto no próximo dia 07 de Maio, data agendada para a segunda volta.

Para o Partido Socialista francês foi, porventura, a maior derrota de sempre, estando o Partido dividido entre Macron e Hamon, o candidato apoiado oficialmente pelo Partido.

SO IT BEGINS

Esta semana Donald Trump, ao que parece com aviso prévio às forças armadas russas, ordenou um ataque contra uma base Síria.

Usou dois argumentos. O primeiro já anteriormente conhecido em outras guerras. O da existência de armas químicas na base que foi atacada. O segundo um pouco mais inusitado para uma figura como Donald Trump.

O Presidente dos EUA veio justificar o ataque com o facto de ter sido confrontado com as fotografias das crianças que foram mortas pelo ataque sírio com recurso a armas químicas.

PARA QUÊ ESPERAR?

A cada dia que passa surge mais um caso de uma criança, jovem ou adulto com leucemia e a precisar urgentemente de um transplante de medula óssea.

A cada dia, um de nós olha para os pedidos de ajuda, partilha os mesmos, mas volta a adiar o registo como dador de medula óssea.

Hoje não me dá jeito. Amanhã talvez consiga um tempo para o fazer.

UMA REALIDADE DESCONHECIDA

O sonho começa com quatro/cinco anos de curso, com ou sem Bolonha mas a visão de um futuro na barra do Tribunal dá-lhes toda a força necessária para a conclusão da etapa.

Seguem-se três anos de estágio, com emolumentos elevadíssimos, quotas e cpas a pagar e, muitas vezes, mal remunerados ou nem sequer remunerados.

A aprendizagem é sempre feita através mais experientes que têm paciência e vontade de ensinar e incentivar o bom desempenho no estágio. Outros nem essa sorte têm e, mais uma vez, têm que se desenvencilhar por si próprios.

PROPOSTAS PARA ÉVORA

No passado dia 24 de Fevereiro, a Concelhia da Juventude Socialista de Évora apresentou o seu manifesto autárquico, dando assim continuidade à iniciativa levada a cabo nas últimas eleições autárquicas.

O documento apresentado é composto por 59 propostas e um desafio não só ao próximo executivo camarário, mas também a todo o concelho.

O manifesto abrange doze áreas de intervenção com propostas que têm em conta as necessidades do Concelho e também a necessidade de estabelecer parcerias e protocolos, diminuindo assim os custos na concretização dos projectos apresentados.

Páginas