Está aqui

Opinião

AVENTESMA

a·ven·tes·ma |ê| 

(latim phantasma-atis, do grego fántasma-atos)
 

substantivo de dois géneros

1. [Informal]  Aparição de uma pessoa morta ou da sua alma. = AVEJÃO, ESPECTRO, FANTASMA

2. [Informal]  Pessoa ou objecto assustador, disforme ou demasiado grande.

"aventesma", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008 - 2013, https://www.priberam.pt/dlpo/aventesma.

 

QUE A BUROCRACIA SE DESBUROCRATIZE

Passado mais de um mês do terrível incêndio que tirou a vida a 64 Pessoas e devastou mais de 50 mil hectares em Pedrogão Grande, Castanheira de Pêra e Figueiró dos Vinhos, começa a triste parte do renascer das cinzas. Como tem sido frequente em situações de calamidade, os restantes Portugueses num acto de solidariedade não falharam e contribuíram com o que podiam e muitos com o que não podiam.

BOATOS VICIOSOS – PARTE 2

O ex-ministro da Economia Manuel Pinho escreveu um longo artigo de opinião no Jornal Público sobre o caso EDP no qual se defende do que diz ser um "boato vicioso". Pois bem, não querendo ser exaustivo relembro outros boatos viciosos mediáticos que, também, têm como denominador comum os bolsos dos portugueses.

Segundo boato: As Privatizações.

O boato Durão Barroso e Goldman Sachs

PRIORIDADES GOVERNATIVAS

Esta semana, António Costa definiu como as principais prioridades da segunda metade do mandato governativo a habitação, a saúde e a educação.

Não menosprezando a importância da saúde e da educação já referidas nestas crónicas, não posso deixar de realçar a importância dada pelo Governo à necessidade de existir habitação acessível para todos.

JOHNNY GOT HIS GUN

"Johnny Got His Gun", 1969. - Notas Soltas, imberbes e potencialmente contraditórias:

 

Quando a vertigem é cliché, e o cliché se mantém como essência do simbolismo, o que dessa sequência (lógica) subjaz? Um regresso à inocência do olhar, que, por sua vez, é a máquina reguladora da ficção (cinematográfica)? Ou já não é?

Um ou outro spoiler são inevitáveis, o que nada retira a quem não viu. Joe foi para a guerra e obteve a sua arma. Uma vez lá, apanhado à traição por um estampido súbito, pouco lhe restou.

O CAMINHO DA FORMIGUINHA

Era uma vez uma formiguinha. Não, duas. Uma formiguinha e outra formiguinha. Detestavam-se uma à outra. Não se podiam ver. Aquilo que sabiam uma da outra era que não havia nada de interessante em ambas que pudesse mudar a opinião das congéneres. Eram duas simples formiguinhas, tão iguais a todas as outras que eram iguais a estas. Pretas, com grande rabo, tenazes no focinho e duas pequenas antenas.

A MAGIA DO 1089

A magia do número 1089

As actividades de matemática recreativa, ou melhor, os jogos matemáticos, os puzzles matemáticos e os truques de magia matemáticos, permitem, de forma desafiante, explorar os mais diversos conteúdos matemáticos, em diferentes níveis de complexidade, promovendo competências como o raciocínio e o cálculo mental.

O SÃO PEDRO JÁ SE ACABOU, O S. JOÃO NEM SEQUER CÁ CHEGOU

«O provincianismo consiste em pertencer a uma civilização sem tomar parte do desenvolvimento superior dela - em segui-la pois mimeticamente com uma insubordinação inconsciente e feliz.» Fernando Pessoa

 

Da nossa feira de São João na sua presente edição de 2017, terminada há 10 dias atrás, apraz-me tecer uns comentários em jeito de texto, dada é a importância que realço do tema e para o que ele representa, ou melhor, deveria representar para a cidade, concelho, distrito e toda a região alentejana.

PORTUGAL PRECISA INVERTER OS INDICADORES DEMOGRÁFICOS

Portugal É o segundo país da UE onde menos se nasce.

Não querendo entrar no campo demasiado técnico, até porque a minha formação académica sobre essa matéria é apenas superficial e os leitores não esperam isso de mim, quero, sim, alertar para uma situação, agora que se comemorou (no passado dia 11 deste mês) o Dia Mundial da População, que nos deve deixar a todos apreensivos e cientes que teremos, com alguma urgência, colocar o assunto na agenda política do País: a pobre demografia de natalidade.

VAI MESMO HAVER BREXIT?

 

Já andamos todos enfadados deste tema, mas a verdade é que ele nos vai acompanhar (sendo otimista!) pelo menos nos próximos dois anos. E como tal, há que habituar as massas à presença deste assunto de forma constante na ordem do dia durante um considerável período de tempo.

Páginas