Está aqui

Fotografia

ÉVORA PODE VER MAIS “ALÉM”

Évora pode agora ver mais “além” e pelos olhos dos fotógrafos Fábio Miguel Roque e Nick Tauro Jr., autores da exposição “Além|Beyond”.

Patente no Palácio de D. Manuel, em Évora – a partir de hoje e até final do mês – esta exposição retrata 24 horas de viagem destes dois artistas, que em 2016 fotografaram paisagens ao longo de 1.110 quilómetros, um no Alentejo, o outro no deserto norte-americano, afiançando os artistas que existem muitas semelhanças na estética do trabalho de ambos.

 

Imagem de cm-evora.pt

POVOS DE MAR, POVOS DE RUA, EM SINES

Reúne 15 projetos culturais de Portugal, Espanha, França e Inglaterra e pretende levar às ruas de Sines, entre 21 e 23 de setembro, a dança, o teatro, o circo, a performance, a música, a escultura, marionetas e atividades para crianças e famílias.

MÉRTOLA TAMBÉM TEM CÉU

Mértola, vila alentejana, nas margens do Guadiana, destino turístico de milhares de pessoas, também tem céu.

É esse céu de Mértola que se pretende promover com a iniciativa “CAMINHADAS CRIATIVAS...COM ESTRELAS” que decorrerá – por iniciativa do Município de Mértola - a 20 de setembro, com início às 18h, no Monte do Guizo.

Composto por um conjunto de itinerários pedestres, o programa inclui ainda um workshop de fotografia noturna, um safari fotográfico, observação do céu e petiscos fora de horas. As inscrições estão limitadas a 15 participantes.

 

ARTE E MÚSICA MEDITERRÂNICA NO SETE SÓIS, SETE LUAS EM ODEMIRA

Odemira recebe a 25ª edição do Festival Sete Sóis Sete Luas, com a arte e a música do Mediterrâneo e do mundo lusófono. O programa integra espetáculos musicais, uma grande performance de rua e uma exposição de pintura, nos dias 16, 17, e 30 de setembro, respetivamente.

AVIS ORGANIZA DESCIDA ECOLÓGICA EM CANOA PELA RIBEIRA DA SEDA

A descida em canoa pela Ribeira da Seda é uma atividade anual em Avis, no Alto Alentejo, com o intuito de chamar a atenção para a importância da preservação das zonas ribeirinhas.

O evento, da responsabilidade do Centro Cultural de Figueira e Barros e pelo Núcleo Regional de Portalegre da Quercus - Delegação do Concelho de Avis, decorre no próximo dia 27 de agosto, e é pontuado por cenários de grande beleza natural, ribeira abaixo, num troço que se estende entre o Paredão da Albufeira do Maranhão e a Ponte da Ordem, no limite dos concelhos de Avis e de Mora.

ÉVORA: LABORATÓRIO HERCULES IDENTIFICA CORES ORIGINAIS DO MOSTEIRO DA BATALHA

Azul, vermelho e dourado. Eram estas as cores originais dos túmulos de D. João I e de D. Filipa de Lencastre, no Mosteiro da Batalha.

Cinco séculos de vida foram mais que suficientes para desbotar e fazer desaparecer as cores originais da Capela do Fundador do Mosteiro da Batalha, panteão de D. João I, D. Filipa de Lencastre e da Ínclita Geração. A exuberância da cor foi-se perdendo com os estragos das Invasões Francesas, o fim das Ordens Religiosas que preservavam os espaços e os restauros do século passado que foram despindo a Batalha de cor.

DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA CELEBRADO EM ELVAS COM MARATONA FOTOGRÁFICA

O Museu Municipal de Fotografia João Carpinteiro, em Elvas, está a convidar profissionais e amadores a fotografar o Forte de Santa Luzia em Elvas, numa maratona de fotografia que decorre hoje e tem como tema o Forte de Santa Luzia.

.

Matias Damásio, Anselmo Ralph e Ana Moura são os cabeças de cartaz de mais uma edição da Feira D’Aires que começa dia 22 setembro, em Viana do Alentejo.

FOTOGRAFIA DE LAGOA DE SANTO ANDRÉ VENCE CONCURSO "OLHARES"

Com uma imagem capturada na margem nascente da Lagoa de Santo André, que ilustra várias caçadeiras, os barcos usados na captura da enguia, João Ganhão venceu o concurso de fotografia “Olhares - Gentes, Sabores e Tradições”, organizado pela Câmara Municipal de Santiago do Cacém.

Para o autor o que mais o marca em Santiago do Cacém "foi, e continua a ser, a combinação perfeita entre as paisagens, tranquilidade e sabores das planícies e costa alentejana”.

TRADIÇÃO, BESTAS, CARROÇAS E O BANHO DE SÃO ROMÃO EM SANTO ANDRÉ

A recriação do Banho de São Romão, uma tradição nascida num tempo que ninguém sabe precisar, volta a ser o ponto alto das festas tradicionais da Costa de Santo André, em Grândola, onde "os homens arregaçavam as calças e as mulheres as saias" e iam ao banho, numa praia cheia de gente vinda de toda a região, em carroças puxadas por bestas, onde se partilha o alimento, se dança no areal e se desfila num cortejo etnográfico magnífico.

Páginas