7 Setembro 2018      10:02

Está aqui

Universidade de Évora quer saber que percepção temos da cozinha alentejana

A Universidade de Évora está a trabalhar num estudo, o Sabor Sur, que pretende avaliar a percepção que temos da gastronomia alentejana com o intuito de conhecer a fundo a tradição da cozinha alentejana e de que forma os pratos que fazem parte do nosso imaginário são realmente tradicionais do Alentejo.

Com poucos recursos como o pão, o alho, as ervas, algumas carnes e peixes, mas extremamente engenhosa a gastronomia alentejana, cuja a origem é sobretudo rural, chegou aos nosso dias ganhando o estatuto de cozinha superior e cuja genuinidade deve ser preservada.

Para o efeito, o da preservação, o estudo pretende compreender que percepção temos desta riqueza e que qualidade lhe atribuímos. Os inquiridos são convidados a opinar sobre os comeres alentejanos, da perceção calórica dos mesmos, à fidelidade da atual cozinha alentejana ao receituário tradicional, à qualidade dos ingredientes utilizados na restauração e a sua genuinidade, através de um inquérito online que pode ser acedido aqui.

O “Sabor Sur: Laboratório para a inovação empresarial do setor alimentar e de hotelaria dos mercados transfronteiriços”, reúne oito entidades de Espanha e de Portugal, e visa desenvolver as dinâmicas e a cooperação entre empresas e centros de investigação na área da indústria alimentar, assim como novos produtos e serviços nesta área.

Imagem de capa de rdmc.pt

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.