10 Novembro 2017      17:34

Está aqui

TAILANDESES VÃO INVESTIR 120 MILHÕES NA ARTLANT EM SINES

O grupo tailandês Indorama Ventures já declarou interesse em comprar por 28 milhões de euros a falida Artlant em Sines e vai investir 120 milhões na fábrica ARTLANT, que é a segunda maior produtora de ácido tereftálico purificado (pta) da Europa com uma capacidade de produção instalada de 700,000 toneladas/ano. Este sólido incolor tem seu principal uso como precursor na formação do polímero poliéster PET, em combinação com o etilenoglicol, utilizado na produção de vestuário e garrafas plásticas.

Os 28 de mihões resultado da compra vão direitinhos para a massa insolvente, onde a CGD tem prioridade de reembolso já que havia emprestado 590 milhões à empresa que pertencia à La Seda, tendo-se então tornado sua principal credora.

Os tailandeses da  Indorama Ventures, com sede em Banguecoque, vão investir posteriormente mais 120 milhões para reactivar a fábrica e recuperar assim os 100 contratos de trabalho da Artlant, segundo o Jornal de Negócios, na sua edição de hoje.

A relação da Caixa Geral de Depósitos com a Artlant é polémica e deu mesmo origem ao livro “Caixa Negra”, do jornalista Diogo Cavaleiro, considerando que a decisão do investimento "desafiou o estudo de viabilidade que lhe deu origem".

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.