18 Abril 2020      12:37

Está aqui

Setembro

As ilhas eram o paraíso! Nada daquilo era metade do que Eloísa tinha imaginado. Era muito melhor! Inimaginável era a palavra que podia descrever o sentimento daquela mulher.

Pablo era o homem mais querido do mundo para Eloísa. Os homens que tinha conhecido e eram muito poucos, nenhum a tinha amado.

O único homem que tinha ando Eloísa era Pablo. Porém, nesses primeiros dias algo aconteceu que transformou a nossa história.

Numa das das festas, nessas primeiras noites loucas em casa de Pablo, apareceu Rodrigo.

Este homem era o melhor amigo de Pablo, tinham vivido e partilhado parte da sua vida.

Rodrigo estava tão curioso para conhecer Eloísa, pela paixão que o seu amigo tinha por ela.

Rodrigo estava solteiro e sabia que Eloísa era a mulher que Pablo sempre tinha esperado na sua vida...parece surreal mas esta história é também meio surreal.

A primeira festa foi um acontecimento na ilha. Nunca antes o homem mais poderoso tinha apresentado a mulher que amava e que seria a sua nova rainha... Eloísa não percebia ainda a dimensão da sua influência nesta ilha.

A noite foi um sonho, como se fosse uma cerimónia dos Óscares, tudo cronometrado, tudo previsto.

Eloísa sentia-se feliz. Era a sua vida de sonho! Que mais podia querer! Nada... ou talvez algo... de repente, Rodrigo aproximou-se dela e começou a conversa.

Naquela conversa em particular, Rodrigo começou a falar com Eloísa e apelou a todos os seus sentidos... disse-lhe que os seus olhos eram mais lindos do que os do seu amigo. Aquilo que Pablo lhe dizia, Rodrigo dizia muito mais intensamente e o erotismo era fenomenal.

Eloísa estava perdida. Depois daquela festa a meio de setembro, continuava a manter contacto com o amigo do seu amante e, apesar de lhe parecer altamente incorreto, não conseguia parar.

Em início de outubro, tomou uma decisão.

Para a semana sabereis...

 

 

Imagem de flywheel.netdna-ssl.com

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.