26 Março 2020      12:02

Está aqui

Projeto de 260M€ suspenso na mina de Neves-Corvo pelo efeito COVID-19

Devido à crise provocada pela pandemia COVID-19, em Castro Verde, na mina de Neves-Corvo, a concessionária Lundin Mining suspendeu as obras e atividades do projeto de expansão que envolve 260 milhões de euros.

A concessionária sueco-canadiana, dona da empresa Somincor, pretende expandir a produção de zinco na mina alentejana, mas, por agora, suspendeu as atividades de construção diretamente relacionadas com o Projeto de Expansão do Zinco, de modo a o risco de exposição das pessoas ao Covid-19, acrescendo ser um fator de risco a variedade na proveniência dos funcionários e trabalhadores.

A empresa tem em ação o seu plano de contingência, mas estão também a tentar assegurar a continuidade do negócio, minimizando ao máximo potenciais impactos da pandemia que possam surgir nas operações, cadeia de abastecimento e atividades comerciais e financeiras, não havendo alterações substanciais na estabilidade da empresa e no seu funcionamento.

 

Imagem de teixeiraduarte.com.br

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.